Responsive image

Queda no Rendimento e na Memória de Executivos e Empresários – Por que Acontece?

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Conteúdos, Memória / Alzheimer

Publicado: 29 de dezembro de 2020 | Atualizado: 22 de julho de 2021

Memória de Executivos e Empresários. Por que uma pessoa que tinha boa memória começa, do nada, a apresentar problemas de esquecimento? O que faz uma pessoa que tinha pensamento rápido, afiado e certeiro, estar lenta e com dificuldades? Como que uma pessoa que era eloquente e articulada agora está com dificuldade para achar palavras adequadas quando precisa?

Continue a leitura e conheça as respostas para estas perguntas.

Queda no Rendimento e na Memória de Executivos e Empresários

É normal esquecer as coisas de vez em quando e é normal ficar um pouco mais esquecido com a idade. Mas quando o esquecimento é demais? Como você pode saber se seus lapsos de memória são um esquecimento normal e estão dentro do escopo do envelhecimento normal ou são um sintoma de algo mais sério?

Teste de auto-percepção de memória
Tire suas dúvidas em relação a sua memória e faça o teste PDQ-5 de auto percepção de memória.

Pessoas saudáveis ​​podem sofrer perda ou distorção de memória em qualquer idade. Algumas dessas falhas de memória tornam-se mais pronunciadas com a idade, mas – a menos que sejam extremas e persistentes – não são consideradas indicadores de Alzheimer ou de outras doenças que prejudicam a memória.

Fora do contexto de suspeita de demência, existem diversos fatores que podem levar a uma queda no rendimento cerebral.

Isso acontece, especialmente, em pessoas jovens ou maduras, mas que estão em boa forma e até pouco tempo atrás tinham uma mente invejável. Na maioria das vezes, aparentemente do nada, essa pessoa passa a apresentar dificuldades que nunca tinha tido antes.

Eu, minha memória e meus medos...
Conheça a história de uma mãe e filha que enfrentam diversos problemas relacionados a memória. Baixe o e-book e aprenda com elas o que deve ser feito para lidar com o Alzheimer.

Possíveis Causas

A primeira coisa que vem à mente é que possa ser devido ao estresse. A exposição prolongada ao estresse crônico pode levar à: perda de memória, ansiedade, irritabilidade, depressão, abuso de substâncias, isolamento social, ganho de peso, insônia, pensamentos suicidas ou pior.

Em um quadro muito grave, a suspeita é até mesmo de um Alzheimer precoce.

Perda de cognição, no entanto, tem diversas causas. Além disso, quando a perda de memória nos impede de realizar as tarefas diárias e os nossos papéis habituais na vida, torna-se um problema de saúde que precisa ser avaliado por profissionais de saúde.

Anda muito esquecido ultimamente?
Não ignore os problemas de memória, eles podem ser mais sérios do que parecem. Agende uma consulta na Clínica Regenerati e evite um possível Alzheimer.

Veja a seguir os principais fatores que observamos no consultório:

  • Alterações funcionais ou queda da atenção:

  • Alterações no metabolismo do cérebro:

    • Deficiência de vitaminas (B12, Ácido fólico não metabolizado);
    • Diabetes ou pré-diabetes com insulina elevada;
    • Hipotireoidismo;
    • Hiperparatireoidismo;
    • Hiperamonemia;
    • Menopausa (no caso das mulheres);
    • Nos homens, a queda na testosterona normalmente é secundária a outros fatores, como estresse.
  • Alterações na fisiologia elétrica do cérebro:

    • Micro descargas epileptiformes (Epilepsia também é coisa de adultos e de idosos);
    • Redução de ondas lentas cerebrais durante o sono (sono profundo);
    • Alterações na hemodinâmica cerebral, circulação sanguínea do cérebro;
    • Aumento da resistência à passagem de sangue;
    • Queda do fluxo de sangue no cérebro, especialmente quando de pé;
    • Micro AVCIs silenciosos.
  • Alterações infecciosas no cérebro:

    • Sífilis;
    • HIV;
    • Sequelas de infecções graves de vírus da família herpes, especialmente HV6 e HV8;
    • Atualmente bem mais raro, mas ainda existe, parasitoses cerebrais.
  • Alterações na constituição física do cérebro.

Bem mais raro, mas estas possibilidades ainda existem: esclerose múltipla, Parkinson, tumores cerebrais e Alzheimer precoce.

Assista ao vídeo abaixo e compreenda em detalhes como cada um desses fatores pode afetar a memória e o rendimento cerebral de uma pessoa:

Referência: Harvard University

Compartilhe:


Memória / Alzheimer

A Doença de Alzheimer é uma enfermidade incurável e progressiva. A maioria das vítimas são pessoas idosas. A doença apresenta sintomas como perda de funções executivas e cognitivas (como a memória), causada pela morte de células cerebrais. O objetivo do tratamento é aliviar os sintomas existentes, retardando a evolução da doença. Os tratamentos indicados são divididos em farmacológicos e os não-farmacológicos.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2024 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 19/05/2024