Responsive image

Zumbido no Ouvido – Saiba Mais!

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Conteúdos, Neurologia Geral

Publicado: 2 de abril de 2024 | Atualizado: 2 de abril de 2024

O zumbido no ouvido é um sintoma comum que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. É uma sensação auditiva, muitas vezes descrita como um som que vem “de dentro” do ouvido, que pode variar de leve a intenso e pode ser percebido como um toque, clicar, zumbido ou mesmo como uma batida do coração.

Este problema pode ser causado por uma variedade de fatores e pode ter um impacto significativo na qualidade de vida das pessoas afetadas. Neste artigo, vamos explorar mais sobre o zumbido no ouvido, suas causas, tipos, sintomas e opções de tratamento.

O que é Zumbido no Ouvido?

O zumbido no ouvido, também conhecido como tinnitus, é caracterizado pela percepção de sons que não têm uma fonte externa. Esses sons podem variar de zumbidos suaves a ruídos mais intensos, como apitos, chiados, clicadas, entre outros. O zumbido pode afetar um ou ambos os ouvidos e pode ser contínuo ou intermitente.

Causas do Zumbido no Ouvido

Existem várias causas possíveis para o zumbido no ouvido, incluindo:

  • Perda Auditiva: A perda auditiva relacionada à idade é uma das principais causas de zumbido. À medida que envelhecemos, a perda de células ciliadas sensoriais no ouvido interno pode levar à diminuição da audição e ao zumbido associado;
  • Exposição a Ruídos Altos: A exposição prolongada a ruídos altos, como música alta em shows ou ambientes de trabalho barulhentos, pode causar danos às células sensoriais do ouvido e resultar em zumbido;
  • Lesões e Traumas de Ouvido: Lesões no ouvido, como perfurações timpânicas ou traumas na cabeça, podem levar ao desenvolvimento de zumbido;
  • Infecções e Doenças: Infecções no ouvido médio, distúrbios do labirinto como a doença de Ménière e outras condições médicas podem causar zumbido como sintoma;
  • Medicamentos: Alguns medicamentos, como antibióticos, antidepressivos e anti-inflamatórios, podem desencadear zumbido como efeito colateral;
  • Disfunções Temporomandibulares (DTM): Problemas na articulação temporomandibular, que controla os movimentos da mandíbula, podem estar associados ao zumbido no ouvido.

Tipos de Zumbido no Ouvido

O zumbido no ouvido pode se apresentar de várias formas, incluindo:

  • Zumbido contínuo: É o tipo mais comum de zumbido, caracterizado por um som constante que pode ser percebido o tempo todo;
  • Zumbidos pulsados: Este tipo de zumbido está sincronizado com os batimentos cardíacos e pode ser percebido como um som de pulsar ou bater;
  • Zumbido tipo cachoeira: É descrito como um som semelhante ao barulho de uma cachoeira em cascata;
  • Zumbido tipo campainha: Este tipo de zumbido é comparado ao som de uma campainha ou sino.

Sintomas e Complicações

Além do próprio zumbido, as pessoas afetadas podem experimentar uma variedade de sintomas adicionais, como perda auditiva, tontura, vertigem, dor de cabeça, febre e dificuldade de concentração. Em casos graves, o zumbido pode levar a complicações como ansiedade, depressão, irritabilidade e declínio cognitivo.

Tratamento e Prevenção

O tratamento do zumbido no ouvido depende da causa subjacente. Os médicos podem prescrever uma combinação de terapias, incluindo terapia sonora, modificação do estilo de vida, uso de dispositivos de mascaramento sonoro, medicação e, em alguns casos, cirurgia. Além disso, técnicas de relaxamento, como meditação, yoga e exercícios físicos, podem ajudar a reduzir o estresse e a ansiedade associados ao zumbido.

Embora nem sempre seja possível evitar o zumbido no ouvido, existem medidas que podem ser tomadas para reduzir o risco. Isso inclui proteger os ouvidos contra exposição a ruídos altos, evitar o uso excessivo de fones de ouvido, manter uma dieta saudável e equilibrada, praticar técnicas de relaxamento e fazer check-ups regulares com um profissional de saúde.

O zumbido no ouvido é um sintoma comum que pode ter várias causas subjacentes. Compreender essas causas e buscar tratamento adequado é essencial para lidar com o zumbido e melhorar a qualidade de vida.

Se você está enfrentando zumbido no ouvido, consulte um médico ou um especialista em saúde auditiva para avaliação e orientação adequadas. Com o tratamento adequado, muitas pessoas podem encontrar alívio do zumbido e retomar suas atividades diárias com mais conforto e tranquilidade.

Assista ao vídeo e saiba mais:

Fonte: https://www.health.harvard.edu/diseases-and-conditions/tinnitus-ringing-in-the-ears-and-what-to-do-about-it

Artigo Publicado em: 20 de dez de 2018 e Atualizado em: 02 de abril de 2024

Compartilhe:


Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , , , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2024 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 07/06/2024