Responsive image

Opções de Tratamento para Apneia Obstrutiva do Sono

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Apneia do Sono, Conteúdos

Publicado: 3 de maio de 2022 | Atualizado: 3 de maio de 2022

Tratamento para Apneia Obstrutiva do Sono. A apneia obstrutiva do sono (AOS) é um distúrbio do sono potencialmente grave, que causa pausas na respiração repetidamente durante o sono.

Existem diferentes tipos de apneia do sono, sendo a mais comum a AOS. Esse tipo de apneia ocorre quando os músculos da garganta relaxam intermitentemente e bloqueiam as vias aéreas durante o sono. Um sinal perceptível é o ronco.

Existem diversas Opções de Tratamento para Apneia Obstrutiva do Sono. Conheça-as neste artigo.

Teste de Sonolência Diurna
Teste Epworth, determina o grau de sonolência diurna. Não somente para apneia, outras patologias também podem dar sono durante o dia

Tratamento para Apneia Obstrutiva do Sono

Pacientes com esclerose múltipla, epilepsia, doenças neurodegenerativas e outras categorias de doenças neurológicas geralmente procuram o neurologista para uma avaliação e tratamento da fadiga e do cansaço.

Embora esses sintomas possam ser componentes da condição neurológica subjacente ou do efeito colateral da medicação, eles também podem refletir apneia obstrutiva do sono (AOS) que acontece de forma conjunta. Isso traz o reconhecimento e o tratamento da AOS para o neurologista geral, que muitas vezes procura melhorar o funcionamento diurno dos pacientes sem a adição de vários medicamentos.

Ter um conhecimento prático da AOS e das opções de tratamento disponíveis permite que os neurologistas gerais aconselhem os pacientes sobre como a identificação e o tratamento apropriado da AOS podem ajudar a melhorar a fadiga diurna e reduzir o risco de comorbidades associadas à AOS não tratada.

Pressão Positiva Contínua nas Vias Aéreas (CPAP)

O CPAP é considerado o tratamento padrão-ouro para AOS porque seu uso pode melhorar os sintomas relacionados ao sono e à qualidade de vida. O CPAP atua como uma tala pneumática que estabiliza a via aérea superior com pressão positiva constante por meio de uma interface de máscara.

Pressão Positiva nas Vias Aéreas (PAP)

O PAP de dois níveis foi originalmente desenvolvido para administrar pressões variadas entre o ciclo inspiratório e expiratório, uma pressão para inalação e a segunda para exalação. Isso pode facilitar a tolerância de pressões mais altas por meio da exalação mais fácil.

PAP de Titulação Automática (APAP)

Os dispositivos CPAP e PAP de dois níveis estão disponíveis nos modos de titulação automática. Os dispositivos APAP podem ser úteis para pacientes cuja configuração de titulação recomendada não foi adequada devido a um estudo de titulação de uma única noite ou meia noite.

Problemas com produtividade ? Isso pode ser mais grave do que você imagina!
Um checkup neurológico pode te ajudar te diversas maneiras e te fazer produtivo como nunca! Experimente e venha na Clínica Regenerati.

A terapia com APAP também pode ser considerada para pacientes nos quais grandes flutuações de peso podem acontecer, como pacientes grávidas ou submetidas à cirurgia bariátrica. As contraindicações ao APAP incluem insuficiência cardíaca congestiva, doença pulmonar, como doença pulmonar obstrutiva crônica, síndrome de hipoventilação da obesidade, ausência de ronco ou apneia central do sono.

Terapia com Aparelho Oral para AOS

Os aparelhos orais podem beneficiar pacientes com AOS cuidadosamente selecionados que preferem não usar CPAP ou fazer cirurgias abrangentes. Os aparelhos orais melhoram a permeabilidade das vias aéreas superiores durante o sono, aumentando a via aérea superior ou diminuindo a colapsabilidade das vias aéreas superiores.

Tratamento Cirúrgico

Como a AOS está relacionada à estrutura e ao tônus ​​das vias aéreas superiores, as cirurgias das vias aéreas superiores visam reduzir o grau de obstrução no nariz, orofaringe ou hipofaringe:

  • As cirurgias de fase I incluem cirurgias nasais, cirurgias palatinas e cirurgias baseadas na língua que podem inicialmente aliviar e tratar a AOS;
  • A cirurgia de fase II, conhecida como avanço maxilomandibular, geralmente é reservada para pacientes com AOS maior devido à obstrução das vias aéreas que não pode ser resolvida nas cirurgias de fase I.

A determinação da candidatura cirúrgica caso a caso, com atenção à gravidade da AOS, presença/ausência de obesidade e presença/ausência de características craniofaciais passíveis de cirurgia, pode ajudar a aumentar a probabilidade de sucesso cirúrgico.

O controle contínuo do peso e o tratamento ideal das comorbidades médicas são imperativos para reduzir a piora pós-operatória ou a recorrência da AOS.

Assista ao vídeo e saiba mais:

Mais Informações sobre este assunto na Internet:

Artigo Publicado em: 6 de set de 2018 e Atualizado em: 03 de maio de 2022

Compartilhe:


Apneia do Sono

A apneia do sono é uma condição caracterizada por pausas na respiração que duram alguns segundos, e que ocorrem diversas vezes durante o sono. Essa doença classifica-se como Apneia Obstrutiva do Sono ou Apneia Central do Sono. Suas causas e tratamentos podem variar, e o ronco é um importante sintoma. O diagnóstico é feito pela avaliação dos sintomas e do exame de Polissonografia.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2021 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 23/02/2024