Responsive image

Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) – Saiba Mais

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Conteúdos, Emoções

Publicado: 30 de maio de 2023 | Atualizado: 30 de maio de 2023

O transtorno de ansiedade generalizada (TAG) é uma condição de saúde mental que causa medo, uma sensação constante de estar sobrecarregado e preocupação excessiva com as coisas do dia a dia. Pode afetar crianças e adultos, e é controlável com psicoterapia e/ou medicamentos.

Continue a leitura deste artigo para saber mais sobre o transtorno de ansiedade generalizada, suas causas, seus sintomas e suas formas de tratamento.

O que é Transtorno de Ansiedade Generalizada?

O transtorno de ansiedade generalizada (TAG) é um dos vários transtornos de ansiedade caracterizado por uma preocupação excessiva, frequente e irreal com as coisas do dia a dia, como responsabilidades no trabalho, saúde ou tarefas domésticas. Pode afetar crianças e adultos.

Teste de Depressão (PDQ-9)
Esse teste é adaptado do PDQ-9 para quantificação do grau de depressão

A maioria das pessoas com TAG tem uma ou mais outras condições psiquiátricas, incluindo:

  • Depressão maior;
  • Fobia específica;
  • Transtorno de ansiedade social;
  • Transtorno do pânico.

O principal sintoma do transtorno de ansiedade generalizada é a preocupação excessiva e persistente com as coisas do dia a dia. Esse sentimento persistente de ansiedade ou pavor interfere na maneira como você vive sua vida.

As pessoas com TAG têm dificuldade em controlar suas preocupações ou seus sentimentos de nervosismo, e, muitas vezes, sabem que se preocupam muito mais do que deveriam.

Crise de pânico - Como reconhecer e ter controle
Este livro contém elementos para reconhecer uma crise de pânico e técnicas para como se controlar quando isso acontecer

Os sintomas do TAG podem flutuar ao longo do tempo e, geralmente, são piores durante períodos de estresse.

Essa preocupação e tensão contínuas podem ser acompanhadas por sintomas físicos, incluindo:

  • Inquietação;
  • Sensação de nervosismo ou irritação;
  • Cansar-se facilmente;
  • Falta de ar;
  • Palpitações cardíacas;
  • Dificuldade de concentração;
  • Tensão muscular;
  • Dores de cabeça, dores musculares, dores de estômago ou dores inexplicáveis;
  • Dificuldade em adormecer e/ou manter o sono.

É importante observar que a ansiedade ou preocupação ocasional é uma parte normal da vida. Muitas pessoas podem se preocupar com coisas como saúde, questões financeiras ou problemas familiares. Mas as pessoas com TAG se sentem extremamente preocupadas ou nervosas com mais frequência sobre essas e outras coisas – mesmo quando há pouca ou nenhuma razão para se preocupar com elas.

Não deixe as emoções te dominarem!
Problemas com emoções não são normais e nem frescura, não importa a idade. Busque ajuda com um profissional da saúde.

Causas

Os pesquisadores não sabem a causa exata, mas acham que é uma combinação complexa de fatores genéticos, biológicos e ambientais.

É mais provável que você tenha TAG se tiver um parente biológico de primeiro grau (irmão ou pai) com ele. Os pesquisadores também descobriram que os seguintes fatores ambientais podem colocá-lo em maior risco:

  • Vivenciar um evento traumático;
  • Estar em um ambiente estressante;
  • Ter que administrar uma doença crônica;
  • Experimentar abuso infantil.

Diagnóstico

Os profissionais de saúde mental usam os critérios do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais para diagnosticar o transtorno de ansiedade generalizada. Os critérios incluem:

  • Ansiedade e preocupação excessivas por pelo menos seis meses;
  • Dificuldade em controlar a preocupação;
  • A ansiedade resulta em sofrimento significativo ou prejudica o funcionamento diário;
  • A ansiedade não se deve a uma causa física (como problemas de tireoide ou uso de substâncias).

Um profissional de saúde realizará um exame físico e poderá solicitar alguns exames para garantir que não haja condições médicas físicas ou substâncias que estejam causando seus sintomas. Esses testes podem incluir:

  • Exames de sangue da tireoide;
  • Teste de glicemia;
  • Ecocardiograma (exame do coração);
  • Triagem toxicológica (teste de drogas).

Tratamento

O transtorno de ansiedade generalizada é, geralmente, tratado com psicoterapia, medicamentos ou ambos.

Psicoterapia para TAG

Psicoterapia é um termo para uma variedade de técnicas de tratamento que visam ajudar uma pessoa a identificar e mudar emoções, pensamentos e comportamentos prejudiciais.

A psicoterapia ocorre com um profissional de saúde mental treinado e licenciado, como um psicólogo ou psiquiatra. Ele pode fornecer suporte, educação e orientação para você e/ou sua família para ajudá-lo a funcionar melhor e aumentar seu bem-estar.

Os profissionais de saúde mental costumam usar a terapia cognitivo-comportamental (TCC) especificamente para ajudar a tratar o TAG. Durante a TCC, seu profissional de saúde mental ajuda você a examinar de perto seus pensamentos e suas emoções. Você entenderá como seus pensamentos e sua preocupação excessiva afetam suas ações. Por meio da TCC você pode desaprender pensamentos e comportamentos negativos ou preocupantes, e aprender a adotar padrões e hábitos de pensamento mais saudáveis.

Medicamentos para TAG

Seu médico ou psiquiatra pode prescrever medicamentos para tratar o TAG. Diferentes tipos de medicamentos incluem:

  • Antidepressivos são, geralmente, prescritos para tratar a depressão, mas também podem ajudar a tratar os sintomas do TAG;
  • Medicamentos benzodiazepínicos podem ajudar a controlar formas graves de TAG. Eles podem ser muito eficazes em diminuir rapidamente a ansiedade, mas algumas pessoas desenvolvem uma tolerância a eles e precisam de doses cada vez maiores para obter o mesmo efeito. Por causa disso, seu médico pode prescrevê-los apenas por breves períodos se precisar deles.

Se você foi diagnosticado com transtorno de ansiedade generalizada, precisará consultar seu médico regularmente se estiver tomando medicamentos para garantir que a dosagem esteja funcionando para você. Se tiver algum sintoma ou efeito colateral preocupante, converse com seu médico.

Buscar ajuda assim que os sintomas aparecerem pode ajudar a diminuir as interrupções em sua vida.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:
Compartilhe:


Emoções

Os transtornos emocionais caracterizam-se por disfunções comportamentais e cerebrais, que afetam a saúde psicológica e a qualidade de vida dos pacientes. Distúrbios como depressão, ansiedade, estresse, síndrome do pânico e fobia social estão inclusos nesta categoria. As causas, sintomas, e terapias variam de acordo com a condição. É essencial buscar ajuda especializada para diagnosticar e tratar adequadamente o problema.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2024 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 10/05/2024