Responsive image

Quais as Principais Causas de Dor Cervical?

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Conteúdos, Dor

Publicado: 5 de setembro de 2023 | Atualizado: 7 de setembro de 2023

A dor cervical é um fato aceito na vida de muitos adultos, uma vez que pelo menos 10% dos adultos em um determinado momento estão lidando com esse sintoma. Para a maioria dos casos, o problema é crônico e, muitas vezes, não é tratado porque é mal interpretado como um problema menor.

No entanto, a dor no pescoço pode ser um sintoma de um problema maior e, geralmente, pode ser facilmente resolvida com os devidos cuidados.

Continue a leitura deste artigo para conhecer algumas causas pelas quais você pode estar lidando com dor e rigidez no pescoço, e porque elas causam esses sintomas.

Em que Consiste a Dor Cervical?

A dor cervical pode decorrer de vários distúrbios e doenças, e envolver qualquer um dos tecidos do pescoço. Os sintomas associados com algumas formas de dor no pescoço incluem:

  • Dormência;
  • Formigamento;
  • Sensibilidade;
  • Dor muscular aguda;
  • Dificuldade para engolir;
  • Pulsações;
  • Febre;
  • Sons de zumbido na cabeça;
  • Tontura;
  • Inchaço dos linfonodos (glândula);
  • Rigidez no pescoço;
  • Dor de cabeça;
  • Dor facial e de garganta;
  • Dor no ombro;
  • Fraqueza nos braços;
  • Dormência ou formigamento nos braços (parestesias nos membros superiores).

Esses sintomas associados, geralmente, resultam da tensão no pescoço. Dependendo da condição, às vezes, a dor no pescoço é acompanhada pela parte superior das costas e / ou dor lombar. Às vezes, a dor no pescoço se agrava com o movimento.

Causas

As principais causas de dor na cervical, ao contrário do que muita gente pensa, não vem da coluna, mas sim de origem muscular. Exemplos de condições comuns que causam dor no pescoço são:

Distensões Musculares ou Ligamentares

A tensão muscular ou ligamentar é uma das razões mais comuns para dor crônica no pescoço de baixo a médio nível, juntamente com rigidez. Embora vários motivos possam causar distensões musculares ou ligamentares, a maioria dos profissionais adultos costuma lidar com dores no pescoço devido a longas horas em uma mesa, más posições para dormir ou má postura.

Esse tipo de dor, geralmente, melhora com movimentos regulares, mas volta rapidamente, a menos que a causa raiz seja abordada.

Compressão Nervosa

A compressão do nervo ou radiculopatia cervical é um efeito colateral de um problema na coluna. A coluna vertebral é feita de uma fileira empilhada de ossos, entrelaçados com discos espinhais. Quando um disco espinhal perto do pescoço sai de sua posição, ele pode pressionar os nervos da área, o que pode causar dor no pescoço.

Essa condição pode ser resolvida por meio de medicamentos e serviços de fisioterapia para o paciente.

Dor Devido a Lesão

Outra razão para a dor no pescoço vem de lesões. Lesões de exercícios, esportes e movimentos inadequados podem fazer com que o pescoço se mova para trás, causando tensões nos tecidos do pescoço que são moles e facilmente feridos. Isso também pode acontecer devido a um acidente de carro ou trauma semelhante.

A dor baseada na lesão precisa ser examinada por um médico ou mesmo um especialista em coluna, dependendo da gravidade da lesão completa para determinar o dano total.

Osteoporose

A osteoporose é uma condição que significa essencialmente que seus ossos estão se degradando lentamente à medida que o tecido ósseo se decompõe, mas não se recupera. Isso pode fazer com que os ossos enfraqueçam, desenvolvam buracos e quebrem com mais facilidade.

A osteoporose pode causar fraturas por compressão na coluna e perto do pescoço. Com fraturas repetidas ao longo do tempo, os nervos na área podem ficar comprimidos, o que pode causar rigidez e dor aguda.

Quando Consultar um Médico

Às vezes, a dor no pescoço é um incômodo menor que pode ser remediado com algumas mudanças no estilo de vida e talvez alguns alongamentos suaves.

Mas outras vezes, a dor crônica no pescoço pode ser um sinal de um problema mais sério, que simplesmente não vai “resolver” por conta própria.

Existem muitas razões pelas quais você pode estar com dor no pescoço e é por isso que, se estiver lidando com isso por um período mais longo, é recomendado realizar um check-up médico.

A menos que um médico realize uma avaliação diagnóstica, pode ser difícil dizer quando a dor persistente no pescoço se deve a uma pequena tensão e quando está sendo causada por um problema subjacente grave que precisa de cuidados imediatos.

A melhor maneira de saber o que está causando sua dor crônica no pescoço é agendar uma visita ao seu médico de confiança para realizar um exame físico e uma avaliação completa. É o primeiro passo para se sentir melhor e prevenir problemas mais sérios.

Assista ao vídeo e saiba mais:

 

Mais informações sobre este assunto na Internet:

Artigo Publicado em: 11 de maio de 2018 e Atualizado em: 05 de setembro de 2023

Compartilhe:


Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , , , , , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2021 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 05/04/2024