Responsive image

O que é a Síndrome das Pernas Inquietas?

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Apneia do Sono, Conteúdos, Insônia

Publicado: 16/02/21 | Atualizado: julho 22, 2021

A Síndrome das Pernas Inquietas (SPI), também chamada de Doença de Willis-Ekbom, é um distúrbio do sono que causa uma necessidade intensa, muitas vezes irresistível, de mover as pernas. Essas sensações geralmente ocorrem ao se deitar na cama ou ao ficar sentado por longos períodos.

Continue a leitura e saiba mais sobre a Síndrome das Pernas Inquietas, suas causas, sintomas, diagnóstico e tratamento.

Causas da Síndrome das Pernas Inquietas

A síndrome das pernas inquietas (SPI) foi considerada uma síndrome genética em alguns casos, o que significa que os pais podem transmiti-la aos filhos. Até 92% dos pacientes têm um parente de primeiro grau com o transtorno. Esses pacientes tendem a desenvolver sintomas mais cedo na vida (antes dos 45 anos) do que aqueles com SPI sem a ligação genética.

Teste de Sonolência Diurna
Teste Epworth, determina o grau de sonolência diurna. Não somente para apneia, outras patologias também podem dar sono durante o dia

Além da fonte genética, muitos problemas médicos estão intimamente associados ao desenvolvimento da síndrome, incluindo:

Medicamentos antidepressivos, para alergia e anti-náusea também podem contribuir para o desenvolvimento da SPI. Cafeína, nicotina e álcool também podem piorar os sintomas.

Sintomas

Os sintomas da síndrome das pernas inquietas incluem:

  • Desconforto na perna: essas sensações desconfortáveis ​​nos membros são frequentemente descritas por adultos como rastejar, coceira, puxar, latejar, queimar ou roer. Essas sensações geralmente ocorrem na hora de dormir, mas podem ocorrer em outros momentos de inatividade do membro;
  • Necessidade de mover as pernas: para aliviar o desconforto nos membros, você tem uma necessidade incontrolável de movê-los, especialmente quando está em repouso, como quando está sentado ou deitado;
  • Interrupção do sono: muitas vezes, é necessário mais tempo para adormecer devido à necessidade de mover os membros para aliviar o desconforto. Às vezes, ficar dormindo também pode ser difícil;
  • Problemas de comportamento na hora de dormir: por causa do desconforto, você pode precisar sair da cama para esticar os membros e aliviar o desconforto;
  • Sonolência diurna: problemas em adormecer e para permanecer dormindo podem resultar em sonolência diurna;
  • Problemas de comportamento e desempenho no trabalho: novamente, devido à interrupção do sono, podem surgir problemas no comportamento diurno (irritabilidade, mau humor, dificuldade de concentração, hiperatividade, etc.) e no desempenho no trabalho.

Diagnóstico

Infelizmente, não existe um teste específico para a síndrome das pernas inquietas (SPI). O diagnóstico é feito com base nos seus sintomas.

Um histórico médico, exames físico e neurológico completo, e exames de sangue podem ser realizados para descartar quaisquer outros possíveis problemas de saúde associados à SPI.

Um estudo do sono durante a noite pode ser recomendado para avaliar outros distúrbios do sono, especialmente a apneia obstrutiva do sono.

Problemas com produtividade ? Isso pode ser mais grave do que você imagina!
Um checkup neurológico pode te ajudar te diversas maneiras e te fazer produtivo como nunca! Experimente e venha na Clínica Regenerati.

Tratamento

O tratamento da síndrome das pernas inquietas depende da intensidade dos sintomas. O tratamento deve ser considerado se a qualidade de vida for afetada por insônia e por sonolência diurna excessiva. Em casos de SPI devido a distúrbios médicos contínuos, um tratamento específico também é necessário.

Tratamentos não medicamentosos são testados primeiro, especialmente se os sintomas forem leves. Os tratamentos não medicamentosos incluem:

  • Fazer exercícios regulares, como andar de bicicleta ou caminhar, mas evitando exercícios pesados ​​/ intensos algumas horas antes de deitar;
  • Seguir bons hábitos de sono, incluindo evitar ler, assistir televisão ou estar no computador ou telefone enquanto está deitado na cama; dormir de 7 a 9 horas e seguir outros hábitos de sono saudáveis. Não dormir o suficiente pode piorar os sintomas da SPI;
  • Evitar ou limitar produtos com cafeína (cafés, chás, refrigerantes, chocolates e alguns medicamentos), nicotina e álcool;
  • Aplicar uma almofada de aquecimento, compressa fria ou esfregar as pernas para proporcionar alívio temporário ao desconforto nas pernas. Considere também massagem, acupressão, caminhada, alongamento leve ou outras técnicas de relaxamento;
  • Redução do estresse tanto quanto possível. Experimente meditação, ioga, música suave ou outras opções;
    Suplementação de magnésio e ferro.

Quando os sintomas de SPI são frequentes ou graves, seu médico provavelmente prescreverá medicamentos para tratar o distúrbio. Você e seu médico discutirão o tratamento que pode ser melhor para você.

Referência: US National Library of Medicine

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Apneia do Sono

A apneia do sono é uma condição caracterizada por pausas na respiração que duram alguns segundos, e que ocorrem diversas vezes durante o sono. Essa doença classifica-se como Apneia Obstrutiva do Sono ou Apneia Central do Sono. Suas causas e tratamentos podem variar, e o ronco é um importante sintoma. O diagnóstico é feito pela avaliação dos sintomas e do exame de Polissonografia.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2021 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 14/09/2021