Responsive image

Como Tratar Enxaqueca na Gravidez

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Conteúdos, Dor de Cabeça

Publicado: 21 de novembro de 2023 | Atualizado: 22 de novembro de 2023

Enxaqueca na Gravidez. A enxaqueca é uma condição neurológica caracterizada por dores de cabeça recorrentes, muitas vezes acompanhadas por sintomas como náusea, vômitos, fotofobia (sensibilidade à luz) e fonofobia (sensibilidade ao som).

Durante a gravidez, a enxaqueca pode apresentar um cenário variado, com algumas mulheres experimentando uma melhora nos sintomas devido às flutuações hormonais, enquanto outras podem enfrentar crises mais intensas ou persistentes.

O tratamento da enxaqueca na gravidez é um desafio, pois a segurança do feto deve ser uma prioridade. Neste artigo, discutiremos como a enxaqueca é diagnosticada durante a gravidez e quais são as opções de tratamento disponíveis.

Classifique a sua dor de cabeça
Está com dores de cabeça e não sabe o que pode ser ? Faça o nosso teste neurológico para te ajudar a classificar a sua dor de cabeça.

Diagnóstico da Enxaqueca na Gravidez

O diagnóstico da enxaqueca na gravidez começa com a exclusão de condições potencialmente graves, como a pré-eclâmpsia. É fundamental que os profissionais de saúde estejam cientes de que as cefaleias são uma queixa comum durante a gravidez e que, a partir da 20ª semana de gestação, a possibilidade de pré-eclâmpsia deve ser considerada.

Existem alguns sinais de alarme que os médicos devem observar ao avaliar uma gestante com enxaqueca:

  • Idade gestacional superior a 20 semanas: Isso é importante porque a pré-eclâmpsia geralmente se desenvolve após esse período;
  • Pressão arterial elevada: A hipertensão é um dos principais indicadores da pré-eclâmpsia;
  • Sintomas visuais: Distúrbios visuais, como escotomas (manchas cegas), visão borrada e fotofobia (sensibilidade à luz), podem estar associados à pré-eclâmpsia;
  • Alterações do nível de consciência: Confusão mental ou outros sintomas neurológicos podem ser indicativos de pré-eclâmpsia;
  • Dor epigástrica: A dor na região epigástrica (parte superior do abdômen) é um sinal de preocupação.

Se uma gestante apresentar pelo menos um desses sinais de alarme, é essencial excluir a possibilidade de pré-eclâmpsia, uma condição grave que pode colocar em risco a vida da mãe e do bebê. O diagnóstico de pré-eclâmpsia é clínico, e o tratamento imediato é necessário para evitar complicações, como a eclâmpsia.

Aprenda como tratar a dor de cabeça aguda
Está com fortes dores de cabeça e não sabe o que fazer? Baixe o e-book e aprenda a reconhecer os sintomas e realizar os primeiros tratamentos.

Tratamento da Enxaqueca na Gravidez

Uma vez excluída a pré-eclâmpsia, é possível considerar o tratamento da enxaqueca durante a gravidez. O tratamento da enxaqueca na gravidez é um desafio devido à necessidade de garantir a segurança do feto. Aqui estão algumas estratégias de tratamento:

  • Mudanças no Estilo de Vida: A primeira abordagem no tratamento da enxaqueca na gravidez deve ser a promoção de mudanças no estilo de vida. Isso pode incluir:
    • Identificar e evitar gatilhos conhecidos de enxaqueca, como certos alimentos, bebidas ou situações de estresse;
    • Manter uma rotina regular de sono e descanso;
    • Praticar técnicas de relaxamento, como meditação, ioga ou respiração profunda, para reduzir o estresse;
    • Manter uma dieta equilibrada e hidratação adequada;
    • Evitar a exposição a ambientes com muita luz e ruído.

Essas mudanças no estilo de vida podem contribuir significativamente para a redução da frequência e gravidade das crises de enxaqueca, reduzindo a necessidade de medicação.

Tratamento Preventivo

Para gestantes que experimentam enxaquecas frequentes e graves, o tratamento preventivo pode ser considerado. No entanto, as opções de medicação preventiva durante a gravidez são limitadas e devem ser avaliadas caso a caso, considerando os riscos e benefícios.

Vença a dor de cabeça de uma vez por todas
Tem dores de cabeça frequentes que não passam nem com ajuda de remédios? Não perca tempo, agende uma consulta na Clínica Regenerati

Alguns medicamentos que podem ser considerados para o tratamento preventivo incluem:

  • Beta bloqueadores, como propranolol, metoprolol ou atenolol;
  • Bloqueadores de canal de cálcio, como verapamil;
  • Antidepressivos tricíclicos, como a venlafaxina.

A decisão de usar medicamentos preventivos deve ser tomada com extrema cautela e sempre sob a orientação e supervisão médica.

Uso de Triptanos

No cenário médico, o debate em torno do uso de triptanos, uma classe de medicamentos específicos para enxaqueca, durante a gravidez tem sido tema de discussão. Embora existam expectativas em relação à sua eficácia, a segurança do uso durante a gravidez ainda não foi definitivamente estabelecida. Este ponto crucial deve ser enfatizado: embora estudos não tenham demonstrado danos ao feto, também não descartaram a possibilidade de complicações.

Perigos da Automedicação Durante a Gravidez

A automedicação, sobretudo durante a gravidez, representa um risco significativo. No Brasil, a disponibilidade de medicamentos sem prescrição médica é uma realidade perigosa. Qualquer dor de cabeça durante a gravidez pode ser um sintoma de condições graves, como a pré-eclâmpsia, e a automedicação pode atrasar o diagnóstico correto e a administração de tratamento adequado, colocando em risco a saúde da mãe e do feto.

Além disso, existem contraindicações específicas para o uso de triptanos, como problemas cardíacos, que podem aumentar os riscos durante a gravidez. Portanto, a avaliação médica individual é crucial antes de prescrever qualquer medicação para tratar a enxaqueca durante a gestação.

Orientação Médica é Fundamental

O tratamento da enxaqueca na gravidez exige uma abordagem personalizada. Deve ser cuidadosamente avaliado e guiado por profissionais de saúde. E evitar a automedicação é fundamental para garantir a segurança da mãe e do feto.

A gestação é um momento crucial em que a atenção à saúde materna e fetal deve ser priorizada, especialmente quando se trata de qualquer intervenção médica. Seguir as recomendações e orientações do médico é essencial para garantir um tratamento seguro e eficaz da enxaqueca durante a gravidez.

Mais informações sobre este assunto na Internet:
Compartilhe:


Dor de Cabeça

A Cefaleia, conhecida popularmente como dor de cabeça, pode ocorrer de modo isolado, quando apresenta um complexo sintomático agudo (como a enxaqueca), ou provida de doenças em desenvolvimento (como infecções). O diagnóstico é baseado na compreensão da fisiopatologia dessas dores de cabeça, na obtenção de um histórico clínico e na realização de um exame físico e neurológico criterioso, para formular um diagnóstico diferencial.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2024 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 07/06/2024