Responsive image

Risco de AVC: Saiba Mais!

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: AVC, Conteúdos

Publicado: 25 de março de 2019 | Atualizado: 26 de março de 2019

O AVC (acidente vascular cerebral) é uma emergência médica que acontece quando o fluxo sanguíneo do cérebro é interrompido. Quando isso acontece, as células cerebrais começam a morrer em poucos minutos.

Antes de continuar lendo o artigo, é importante saber que o AVC pode atingir qualquer pessoa, seja criança, adolescente, adulto ou idoso. A  maioria dos casos ocorrem na velhice, mais a frequência maior de AVCs nos idosos não anula as chances de AVC nas outras pessoas.

Risco de AVC – Tipos de AVC

Existem dois tipos de acidente vascular cerebral. O tipo mais comum, chamado AVC isquêmico, é causado por um coágulo sanguíneo que bloqueia ou obstrui um vaso sanguíneo no cérebro.

Teste de risco de AVC
Esse é um teste adaptado que ajuda a estimar o risco anual de se ter um AVC

O outro tipo, chamado AVC hemorrágico, é causado por um vaso sanguíneo que se rompe e sangra no cérebro. “Mini-AVC” ou ataques isquêmicos transitórios (TIAs) ocorrem quando o suprimento de sangue para o cérebro é interrompido brevemente.

Risco de AVC – Fatores de Risco

Para descobrir se você está em risco de sofrer um AVC, existem alguns fatores de risco que aumentam as chances, como:

Ser Homem, Negro e/ou Idoso

Estudos comprovaram que pessoas do sexo masculino têm maior tendência de desenvolver AVC. Além disso, pessoas de pele negra também possuem uma tendência maior, assim como pessoas mais velhas.

A luta pela recuperação depois do AVC
Conheça a história de um paciente e sua luta pela reabilitação depois do AVC, com dicas para uma melhor jornada de recuperação.

Histórico de Outra Doença Vascular

Quem já teve um AVC, um pré-AVC, ou outra doença vascular têm maior tendência de sofrer um acidente vascular cerebral.

Doenças Cardíacas

As doenças do coração, principalmente aquelas relacionadas a arritmias (batimentos cardíacos desregulados), aumentam o risco de AVC. Isso acontece pois as arritmias causam uma irregularidade na corrente sanguínea, facilitando a formação de coágulos.

Fumar

O hábito de fumar está ligado a muitas doenças, e uma delas é o AVC. Mesmo quando o consumo do tabaco é pequeno, o risco de sofrer AVC aumenta, pois as substâncias químicas presentes na fumaça do cigarro passam dos pulmões para a corrente sanguínea e circulam pelo corpo, afetando todas as células e provocando diversas alterações no sistema circulatório.

1 a cada 4 terão AVC segundo a OMS
Não seja apenas mais uma estatística. Agende sua consulta na Clínica Regenerati

Hipertensão Arterial

Também conhecida como “pressão alta”, está relacionada à pressão nas artérias que levam o sangue do coração para o resto do corpo. A pressão considerada normal para um adulto é em média 120/80 mmHg, o famoso 12 por 8. Quando a pressão está elevada, ela acaba lesionando os vasos sanguíneos do cérebro e pode causar um AVC.

Diabetes

A diabetes é causada por uma deficiência do hormônio insulina ou pela resistência dele. As pessoas com diabetes possuem um excesso de açúcar no sangue devido à essa condição, o que facilita o desenvolvimento de um AVC.

Sedentarismo

O sedentarismo é um fator muito significativo, pois pode levar ao aumento de peso, hipertensão, diabetes, níveis inadequados de colesterol no sangue, e a diversos fatores de risco. Não é necessário ser uma pessoa extremamente fitness para sair do sedentarismo, mas realizar uma atividade física leve regularmente pode significar sua vida. Caminhadas, yoga, alongamentos, entre outros são ótimos exemplos.

Anticoncepcional

O uso de pílulas anticoncepcionais pode se tornar um fator para o surgimento de AVC, principalmente em mulheres fumantes, com hipertensão arterial, ou com enxaqueca. Por isso é extremamente importante exigir todos os exames médicos, para seguir com um tratamento correto que não te prejudique.

Fonte: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28157742

Compartilhe:


AVC

Popularmente conhecido como AVC, o Acidente Vascular Cerebral pode ser definido como o surgimento de um déficit neurológico súbito, causado por um problema nos vasos sanguíneos do sistema nervoso central. Dividido em dois subtipos, isquêmico e hemorrágico, o AVC pode ser evitado com a prática regular de exercícios físicos, alimentação saudável, abandono dos hábitos de fumar e ingerir álcool frequentemente.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , , , , , , , , , , , , , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2021 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 08/04/2024