Responsive image

Relação entre Enxaqueca e AVC

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: AVC, Conteúdos, Dor de Cabeça

Publicado: 12 de abril de 2022 | Atualizado: 12 de abril de 2022

A enxaqueca não causa acidente vascular cerebral. No entanto, pode haver uma ligação entre os dois. Enxaqueca com aura pode aumentar o risco de acidente vascular cerebral, principalmente em mulheres. Os sintomas de enxaqueca e AVC também podem se sobrepor.

Neste artigo, saiba mais sobre a ligação entre enxaqueca e acidente vascular cerebral, sintomas, quando procurar ajuda e tratamento.

Relação entre Enxaqueca e AVC

Embora a enxaqueca não cause acidente vascular cerebral, pessoas com enxaqueca com aura têm um risco aumentado de AVC.

Os sintomas de acidente vascular cerebral e enxaqueca também podem se sobrepor. Além disso, a enxaqueca com aura pode parecer semelhante a um ataque isquêmico transitório (AIT). Durante um AIT, um bloqueio interrompe temporariamente o fluxo sanguíneo para o cérebro e causa sintomas semelhantes aos de um acidente vascular cerebral.

Os sintomas de enxaqueca com aura incluem:

  • Duração de 60 minutos ou menos;
  • Distúrbios visuais, como uma luz brilhante em forma crescente com bordas irregulares que obscurece a visão;
  • Formigamento em um lado do corpo, das pontas dos dedos até o lado do rosto, que pode durar cerca de 5 minutos ou mais.

Os sintomas de AIT ou acidente vascular cerebral começam subitamente e incluem:

  • Perda de visão em um ou ambos os olhos;
  • Dormência ou fraqueza no corpo, geralmente de um lado;
  • Confusão;
  • Tontura ou dificuldade para andar;
  • Dor de cabeça forte.

Causas e Fatores de Risco

De acordo com a American Migraine Foundation, a enxaqueca com aura aumenta o risco de acidente vascular cerebral. Isso pode ser devido a um estreitamento temporário dos vasos sanguíneos. Isso pode levar à formação de coágulos sanguíneos que podem causar um acidente vascular cerebral.

Entre as pessoas que têm enxaqueca com aura, as mulheres têm maior risco de acidente vascular cerebral. Cerca de 25% a 30% das pessoas com enxaqueca experimentam aura.

Outros fatores de risco para acidente vascular cerebral isquêmico em pessoas com enxaqueca incluem:

  • Sexo feminino;
  • Ter menos de 45 anos;
  • Uso de anticoncepcionais orais;
  • Fumar.

Os homens são três vezes menos propensos a ter enxaqueca do que as mulheres, então os fatores de risco são menos claros. O risco de AVC pode aumentar se uma pessoa:

  • Tem enxaqueca ativa (um ataque de enxaqueca ocorreu nos 12 meses anteriores);
  • Tem uma alta frequência de crises de enxaqueca;
  • Tem uma idade mais avançada e fuma;
  • Experimenta o início da enxaqueca mais tarde na vida.

Diferença entre Enxaqueca e AVC

Os sintomas do AVC aparecem muito repentinamente, enquanto a enxaqueca com aura geralmente se desenvolve mais lentamente.

Embora os sintomas possam se sobrepor, os sintomas da enxaqueca geralmente adicionam sensações, enquanto o acidente vascular cerebral as afasta.

Por exemplo, enxaqueca com sintomas de aura pode incluir formigamento ou ver luzes brilhantes ou formas na linha de visão. Os sintomas do AVC incluem fraqueza em um lado do corpo, dificuldade em falar claramente ou rosto caído.

A enxaqueca hemiplégica é um tipo raro de enxaqueca que também pode causar fraqueza em um lado do corpo.

Se as pessoas apresentarem quaisquer novos sintomas juntamente com a enxaqueca, elas devem procurar atendimento médico imediato, pois há o risco de ser um acidente vascular cerebral.

Diferenças no Diagnóstico

Para diagnosticar a enxaqueca, o médico realiza vários testes para verificar a visão, os reflexos, a sensação e a coordenação.

Também pode ser útil que as pessoas mantenham um registro de todos os sintomas que experimentam, fatores de estilo de vida, como dieta e sono, e frequência de ataques de enxaqueca. Um médico também avaliará qualquer medicação que a pessoa esteja tomando.

Para diagnosticar um acidente vascular cerebral ou AIT, realizamos uma série de testes, incluindo:

  • Exames de ressonância magnética ou tomografia computadorizada para fornecer imagens do cérebro;
  • Eletroencefalograma para mostrar a atividade elétrica no cérebro;
  • Testes de fluxo sanguíneo para procurar quaisquer problemas com a circulação cerebral.

Tratamento e Prevenção

É possível tomar medidas para ajudar a reduzir o risco de acidente vascular cerebral por meio de mudanças no estilo de vida, como:

  • Controlar a pressão alta e o colesterol alto;
  • Parar de fumar;
  • Manter um peso saudável;
  • Para mulheres que têm enxaqueca com aura, evitar usar suplementos de estrogênio ou contraceptivos contendo etinilestradiol.

As pessoas que têm enxaqueca com aura devem fazer check-ups regulares com um profissional de saúde para avaliar seu risco de acidente vascular cerebral.

Também é importante que as pessoas com enxaqueca com aura reconheçam quaisquer sinais de alerta. Alterações em sua aura, como maior duração, aumento da frequência ou fraqueza em um lado do corpo, requerem atenção médica.

Assista ao vídeo e saiba mais:

Mais Informações sobre este assunto na Internet:

Artigo Publicado em: 18 de jun de 2018 e Atualizado em: 12 de abril de 2022

Compartilhe:


AVC

Popularmente conhecido como AVC, o Acidente Vascular Cerebral pode ser definido como o surgimento de um déficit neurológico súbito, causado por um problema nos vasos sanguíneos do sistema nervoso central. Dividido em dois subtipos, isquêmico e hemorrágico, o AVC pode ser evitado com a prática regular de exercícios físicos, alimentação saudável, abandono dos hábitos de fumar e ingerir álcool frequentemente.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , , , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2024 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 07/06/2024