Neurologista - Dr. Willian Rezende

Cinco cigarros por dia pode provocar crises de enxaqueca


O tabaco atua como um fator precipitante para dores de cabeça, especificamente para  enxaquecas,  sugere uma nova pesquisa, que mostra que os fumantes têm mais crises de enxaqueca e que fumar mais de cinco cigarros, por dia, desencadeia esse tipo de dor de cabeça. O trabalho foi publicado no Journal of Headache and Pain.

A influência do tabaco como um precipitante, fator não-causal das crises de enxaqueca, tem produzido dados contraditórios na literatura científica.

A pesquisa, antes do trabalho publicado no The Journal of Headache and Pain, indicava que o tabagismo poderia melhorar a enxaqueca, reduzindo a ansiedade, um dos fatores que desencadeia um ataque.

Uma vantagem deste estudo espanhol é que a amostra utilizada, 361 estudantes de medicina da Universidade de Salamanca, estavam cientes do que era uma crise de enxaqueca. Assim, suas respostas foram mais condizentes com a realidade.

Os pesquisadores fizeram perguntas sobre a presença ou a ausência de enxaqueca (e suas características), se fumavam ou não, garantido a confiabilidade dos resultados obtidos, diferentemente da maioria das pesquisas sobre este tipo de assunto, feitas por telefone, de forma aleatória, e com pessoas sem conhecimento da doença.

Os resultados mostram que 16% dos estudantes preencheram os critérios de enxaqueca, enquanto 20% fumavam. O percentual de fumantes foi maior (29%) entre aqueles que também sofrem de enxaqueca e a frequência da enxaqueca entre os alunos que fumavam e tinham enxaqueca foi claramente mais elevada do que naqueles que não eram fumantes e não tinham enxaqueca.

“O tabagismo é um fator precipitante da enxaqueca. A prevalência de fumantes ativos é um terço maior em pacientes com enxaqueca e não há uma relação direta entre o número de cigarros consumidos e a frequência das crises de enxaqueca. Os resultados das entrevistas revelam que a enxaqueca aparecia com mais frequência após cinco cigarros por dia”, afirma o  neurologista, Willian Rezende do Carmo, CRM-SP 160.140.

Avalie essa notícia
Compartilhe:

Deixe um Comentário