Responsive image

Ansiedade: Causas e Tratamentos Naturais

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Conteúdos, Emoções

Publicado: 13 de março de 2019 | Atualizado: 13 de março de 2019

A ansiedade é definida como um mal-estar físico ou psíquico, causado por situações reais ou imaginárias que resultam em incômodos variados. Alguns sintomas comuns das crises de ansiedades são:

  • Medo;
  • Palpitações;
  • Sudorese;
  • Tremores;
  • Falta de ar;
  • Sensação de sufocamento;
  • Dor no peito;
  • Pontadas na barriga;
  • Náusea;
  • Sensações semelhantes a gastrite;
  • Formigamentos.

As crises consideradas anormais podem ter consequências severas e negativas em vários âmbitos da vida, como relações sociais, impactos físicos, entre outros. Além dos sintomas físicos citados acimas, existem também os sintomas psíquicos, como:

  • Fugir de situações que podem desencadear uma crise;
  • Apresentar falhas em aspectos cognitivos;
  • Ter dificuldade em prestar atenção;
  • Ter a memória falha;
  • Conviver com aflição e agonia;
  • Ficar emocionalmente abalado.

De Onde Vem a Ansiedade? – Possíveis Causas

A ansiedade pode variar de um leve sentimento de desconforto emocional, a ocorrências diárias de emoções incapacitantes. Existem muitas possíveis causas situacionais dessa doença. Compreender as conexões fisiológicas dessa doença emocional comum pode ser importante para prevenir ou reduzir a incidência das crises.

Teste de Depressão (PDQ-9)
Esse teste é adaptado do PDQ-9 para quantificação do grau de depressão

Existem muitas possíveis teorias da fonte da ansiedade no nosso corpo, como traumas de infâncias, dentre outros fatores que podem ser um gatilho das crises, por exemplo:

  • Problemas de saúde que causam ansiedade e medo no paciente;
  • Medicações que causam este sintoma como efeito colateral;
  • Cafeína;
  • Pular refeições;
  • Pensamentos negativos;
  • Eventos sociais lotados, ou que causam incômodos;
  • Conflitos na vida pessoal ou no local de trabalho;
  • Estresse;
  • Gatilhos pessoais e singulares.

As teorias sobre a origem da ansiedade foram por muito tempo relacionadas a questões psicológicas e ambientais, como crescer em um ambiente hostil. Mas o que realmente é um fator significativo para o aparecimento desse sintoma, é a falta do hormônio dopamina.

Além disso, na grande maioria dos casos, a ansiedade é genética, provavelmente algum parente também a possui. Ademais, esta é uma doença biológica que provavelmente não será curada, e sim tratada.

Crise de pânico - Como reconhecer e ter controle
Este livro contém elementos para reconhecer uma crise de pânico e técnicas para como se controlar quando isso acontecer

A ansiedade costuma atingir seu pico entre a adolescência e a fase adulta, normalmente dos 20 anos de idade em diante. Geralmente, aos 30 a doença atinge um nível de estabilidade, e diminui gradativamente com a idade.

Isso acontece pois quando seres humanos envelhecem e amadurecem com essa condição, eles criam mecanismos de procedimento para lidar com situações de crise.

De Onde Vem a Ansiedade? – Tratamentos Naturais

A acupuntura, uma prática antiga que envolve a inserção de agulhas em pontos de pressão no corpo, está se tornando um tratamento alternativo popular para a ansiedade. Há algumas evidências científicas de que a acupuntura ajuda com certos sintomas dessa condição.

Não deixe as emoções te dominarem!
Problemas com emoções não são normais e nem frescura, não importa a idade. Busque ajuda com um profissional da saúde.

No entanto, os pesquisadores ainda estão tentando determinar o efeito da acupuntura em tipos específicos de ansiedade, como ataques de pânico, transtorno de estresse pós-traumático e transtorno obsessivo-compulsivo.

Esta prática baseia-se no conceito de que as condições médicas e os distúrbios mentais são causados por um desequilíbrio na energia. O uso da acupuntura para tratar tais transtornos continua aumentando, tornando-o mais prontamente disponível.

Uma boa dose de acupuntura atua por até dois dias no controle da ansiedade. Atividades físicas, quando realizadas, regularmente produzem endorfina, o que ajuda controlar esse sintoma. Além desses, outras alternativas são massagens e a prática de hobbies que possam auxiliar a pessoa a reposicionar seu foco, ajudando assim no controle de ansiedade.

Fonte: https://www.healthline.com/health/anxiety

Compartilhe:


Emoções

Os transtornos emocionais caracterizam-se por disfunções comportamentais e cerebrais, que afetam a saúde psicológica e a qualidade de vida dos pacientes. Distúrbios como depressão, ansiedade, estresse, síndrome do pânico e fobia social estão inclusos nesta categoria. As causas, sintomas, e terapias variam de acordo com a condição. É essencial buscar ajuda especializada para diagnosticar e tratar adequadamente o problema.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2021 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 08/04/2024