Responsive image

Por que a Dor Neuropática não Passa?

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Conteúdos, Dor, Dor Neuropática

Publicado: 13 de março de 2018 | Atualizado: 18 de fevereiro de 2019

A Dor Neuropática pode ser causada por uma lesão ou disfunção do sistema nervoso central, periférico ou por trauma. Os pacientes são heterogêneos e apresentam uma variedade de sinais e sintomas sensoriais relacionados à dor1,2.

Em alguns pacientes, a lesão nervosa desencadeia alterações nos neurônios nociceptivos (neurônios receptores de estímulos agressivos), tornando-os hipersensíveis, desenvolvendo atividade espontânea patológica (podendo ocasionar dor aguda, como esmagar um dedo com um martelo, entre outros)1,2.

Dor Neuropática

Quando sofremos uma lesão ou doença que afeta o sistema sensorial, os nervos não enviam a informação sensitiva corretamente para o cérebro. Isso leva a sensações de dormência ou falta de sensibilidade.

Teste de Dor Neuropática Lanns-Eva
Esse teste auxilia a determinar se uma dor é neuropática ou não.

No entanto, em alguns casos, os pacientes sentem dor na região afetada. A Dor Neuropática não inicia abruptamente ou resolve-se rapidamente. É uma condição crônica que leva a sintomas persistentes de dor.

Para muitos pacientes, a intensidade dos sintomas pode variar durante o dia. Apesar da dor neuropática ser associada a disfunção de nervos periféricos, como neuropatia causada por diabetes ou estenose espinhal, danos ao sistema nervoso central também podem levar à dor neuropática crônica1.

A dor neuropática surge como consequência de lesões que ocorrem nos nervos, na medula ou no próprio cérebro. O problema é constante e afeta de diversas maneiras o dia-a-dia das pessoas que sofrem com ele, sendo tão debilitante que faz com que a pessoa sinta diferentes sensações, como dor, formigamentos ou queimações, além de causar dificuldades para responder aos tratamentos.

Será que tenho Dor Neuropática ? Por quê não passa ?
Esse livro ensina a reconhecer uma dor neuropática e explica porque ela não passa sozinha como outras dores

Fatores de Risco para Dor Neuropática

Qualquer coisa que leva a perda da função do sistema nervoso sensorial pode causar dor neuropática, como problemas nervosos da síndrome do túnel do carpo ou condições semelhantes. Outras causas podem ser2:

  • Traumas que atingem os nervos;
  • Diabetes;
  • Deficiência de vitamina;
  • Câncer;
  • HIV;
  • AVC;
  • Esclerose múltipla;
  • Herpes zóster;
  • Excesso de álcool;
  • Fumo;
  • Infecções e doenças relacionadas à nervos;
  • Toxinas;
  • Algumas drogas;
  • Quimioterapia.

Causas da Dor Neuropática

Existem diversas razões para o desenvolvimento de dor neuropática em pacientes. No entanto, a nível celular, uma explicação é que o aumento da liberação de certos neurotransmissores que sinalizam dor combinados com a habilidade prejudicada dos nervos para regular esses sinais, leva à sensação de dor proveniente da região afetada1,2.

Além disso, na medula espinhal, a área que interpreta sinais de dores é reorganizada, com mudanças correspondentes em neurotransmissores e perda de órgãos celulares que funcionam normalmente; essas alterações resultam na percepção da dor mesmo na ausência de estimulação externa.

Está com tantas dores que nem reconhece mais a origem delas ?
Saiba como reconhecer a Dor Neuropática e acabe com ela definitivamente. Marque uma consulta na Regenerati

No cérebro, a habilidade de bloquear a dor pode se perder em uma lesão como no AVC ou trauma. Com o tempo, ocorrem mais danos celulares e a sensação de dor persiste.

Para um tratamento adequado da dor neuropática procure um neurologista de sua confiança e uma equipe multidisciplinar.

Assista a este vídeo e saiba mais sobre este assunto:

Referências:

1 – Peripheral neuropathic pain : a mechanism-related organizing principle based on sensory profiles. R. Baron; C. Maier; N. Attal; A. Binder; D. Bouhassira; G. Cruccu; N.B. Finnerup; M. Haanpää; P. Hansson; P. Huellemann; T. S. Jensen; R. Freynhagen; J. D. Kennedy; W. Magerl; T. Mainka; M. Reimer; A. S. C. Rice; M. Segerdahl; J. Serra; S. Sindrup; C. Sommer; T. Toelle; J. Vollert; R. D. Treede. German Neuropathic Pain Res Networ, EUROPAIN & NEUROPAIN Consortia 2017. vol 158, no. 2, pp. 261-272 . DOI: https://helda.helsinki.fi/handle/10138/193759

2 – Neuropathic pain. Luana Colloca, T. Ludman; D. Bouhassira; R. Baron; A. H. Dickenson; D. Yarnitsky; R. Freeman; A. Truini; N. Attal; N. B. Finnerup; C. Eccleston; E. Kalso; D. L. Bennett; R. H. Dworkin; S. N. Raja. Nat Rev Dis Primers. 2017 Feb 16; 3: 17002. Published online 2017 Feb 16. Doi: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5371025/

Compartilhe:


Dor Neuropática

A dor neuropática é uma doença crônica com diversas causas. Infecções, doenças e traumas que afetam os nervos periféricos são alguns exemplos. Esse tipo de dor pode ser causado por uma lesão ou disfunção do sistema nervoso central, periférico ou por traumas. Os pacientes são heterogêneos e apresentam uma variedade de sinais e sintomas sensoriais, todos relacionados à dor.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , , , , , , , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2024 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 10/05/2024