Responsive image

Dor Referida – Saiba Mais!

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Conteúdos, Dor Miofascial

Publicado: 15 de junho de 2021 | Atualizado: 22 de julho de 2021

Dor Referida é quando a dor que você sente em uma parte do corpo é, na verdade, causada por uma lesão em outra parte do corpo.

A dor referida pode ser um sintoma de condições graves acontecendo em seu corpo. Por esse motivo, é importante entender como e porque isso acontece. Continue a leitura e compreenda melhor esse sintoma.

Compreendendo a Dor Referida

Essa dor geralmente é sentida profundamente nos músculos, nas articulações, nos ligamentos e nos tendões. É chamada de “referida” porque essa dor não ocorre no local da lesão. Ao invés disso, é sentida em uma parte do corpo mais distante da lesão real.

Teste de Fibromialgia
Esse teste aplica os critérios da academia americana de reumatologia para diagnosticar a Dor Miofascial ou Fibromialgia

Para compreender melhor, considere o seguinte exemplo: se você bater com o cotovelo e imediatamente sentir dor no cotovelo no local da lesão, isso é dor primária. Por outro lado, a dor no braço ou na perna que é profunda ou difusa, sem uma fonte facilmente identificável, tem maior probabilidade de ser dor referida.

Porquê Ocorre

Em termos simples, a dor referida ocorre porque os nervos do seu corpo estão todos conectados.

Quando seu corpo experimenta um estímulo de dor, seu sistema nervoso carrega o sinal para seu cérebro. O cérebro então envia um sinal ao seu corpo de que você está sentindo dor.

Como prevenir dores com exercícios físicos
Esse livro tem caráter de manual para orientar exercícios que ajudam a praticamente todos a terem menos dores.

Às vezes, por causa da forma como os nervos estão ligados em seu corpo, seu cérebro envia um sinal de dor para uma parte diferente do corpo de onde a dor se origina.

Além disso, sinapses e reflexos dos quais você pode nem estar ciente também podem ser a razão pela qual os sinais de dor são enviados para uma área do corpo como um sinal de um problema médico em outra área.

Os pesquisadores ainda estão trabalhando para entender o mecanismo exato e o motivo pelo qual seu corpo tem esse tipo de reação.

Aprenda a aliviar as suas dores mais resistentes.
Já pensou em desistir de tudo por causa das dores ? Na Regenerati nós sabemos como acabar com a sua dor!

Sintomas

Você nem sempre pode sentir dor na fonte original da lesão ou do impacto, tornando difícil localizar a fonte exata da dor referida. Ocasionalmente, pode causar sensação de alfinetes e agulhas ou de dormência, e ser sentida bilateralmente, em ambos os lados do corpo.

Ao examinar o local afetado pela dor você pode não ver nenhum sinal de lesão ou de inflamação. Embora não haja dano no local, é comum o paciente apresentar movimentos ativos restritos e sensibilidade à palpação. Se conviveu com a dor referida por um longo período, os músculos ao redor do local afetado podem desenvolver uma rigidez ou um espasmo, restringindo ainda mais a facilidade de movimento.

Quando nossos fisioterapeutas examinam o paciente, eles geralmente descobrem que a origem da dor referida também mostra sinais de rigidez, de sensibilidade e de restrição de movimento. Ao abordar a origem da dor, os sintomas referidos devem desaparecer em um curto espaço de tempo e, em alguns casos, o alívio da dor é imediato.

Diagnóstico

Por causa da dor referida, pode parecer que você tem um problema em uma parte do corpo, quando na verdade o problema está em outra parte. Um bom clínico deve sempre verificar se há outras áreas que podem estar referindo dor, pois tratar o local da dor referida não resolverá o problema.

Exemplos comuns de dor referida que vemos na clínica incluem:

  • Alguém com irritação no pescoço, como problemas em uma das articulações cervicais, sentindo dor no ombro;
  • Problemas na região lombar que causam dor nas pernas, às vezes, até na panturrilha ou nos dedos dos pés (por exemplo, ciática);
  • Alguém com artrite de quadril, sentindo dor no joelho e pensando que o problema principal está acontecendo no joelho.

Tratamento

Na maioria dos casos, um profissional de saúde precisa avaliar e tratar a dor referida. Se você tratar a parte do corpo que está com dor ao invés de tratar a parte que está machucada, não conseguirá se livrar da dor.

As pessoas que referem dor, às vezes, não têm certeza do que está acontecendo. Elas apenas sabem que sentem dor e não conseguem descobrir o porquê.

O manejo da dor referida pode não ser bem-sucedido sem um diagnóstico. Você pode tentar tratar a dor aguda em casa com medicamentos que reduzem a inflamação.

Mas seu médico precisará descobrir a origem da dor para que ele possa decidir a melhor forma de lidar com ela.

Assista ao vídeo e saiba mais sobre a dor referida:

Mais Informações sobre este assunto na Internet:

Artigo Publicado em: 22 de fev de 2019 e Atualizado em: 15 de junho de 2021

Compartilhe:


Dor Miofascial

A síndrome da dor miofascial está associada a zonas hiperalgésicas no músculo (pontos de gatilho miofascial). Essa região do músculo está sendo mal irrigada com sangue, formando nódulos enrijecidos que resultam em dor. As causas comuns de disfunção miofascial incluem trauma direto ou indireto, que provocam inflamação muscular crônica. Faltam métodos diagnósticos específicos para a doença, por isso, tratar a origem é a melhor opção.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2024 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 07/06/2024