Neurologista - Dr. Willian Rezende

Depressão – Quais os Sintomas da Depressão


Quais os Sintomas da Depressão

Sintomas da Depressão

A depressão é um transtorno psicológico que está se apresentando com cada vez mais frequência. Seus sinais podem se manifestar de diversas formas, e identificá-los pode ser uma tarefa difícil. Para tentar descobrir se a própria pessoa ou algum conhecido está deprimido, o sinal mais evidente caracteriza-se por uma grande redução no prazer das coisas do dia-a-dia.

A principal característica da depressão é a perda significativa do interesse e do prazer por realizar tarefas cotidianas. A busca pelo prazer é um fenômeno natural na vida do ser humano, que pode tentar encontrar esse prazer através do trabalho, das atividades domiciliares, da alimentação, de andar num dia ensolarado, ou através de inúmeras possibilidades na qual a pessoa faça algo que ela goste.

Se a pessoa perde o interesse pelas coisas que ela gostava de fazer antes, e não apresenta mais prazer nos seus afazeres diários, sejam eles a realização de exercícios na academia, o interesse na atividade sexual, entre outros, isso pode representar um indicativo da depressão.

Indicativos dos Sintomas Depressivos

É importante ressaltar que nem sempre o indivíduo vai demonstrar ou sentir tristeza. Este é um erro de conceito extremamente comum, mas ao contrário do que se pensa, não precisa sentir tristeza: basta que a pessoa não sinta nada. A indiferença, a irritação constante, a insatisfação, o incômodo, entre outras sensações negativas já mostram que a pessoa não está se sentindo bem. O esquecimento, a desatenção e problemas de memória também são sintomas da depressão muito presentes.

A pessoa deprimida, também pode apresentar pouca energia para fazer coisas do dia-a-dia. Normalmente, ela não tem energia pra sair, não tem disposição para exercer atividades, como ir às compras ou realizar um projeto novo, entre outras tarefas as quais ela normalmente teria energia e vontade de fazer. Além disso, a pessoa pode ficar mais lenta, se movimentando e falando menos, ficando mais quieta.

Comportamentos que sugerem depressão

A pessoa deprimida pode assumir uma postura questionadora sobre as situações habituais, ela pode apresentar um comportamento negativo, enxergando defeitos e problemas onde não há. Ela pode também só enxergar o lado ruim e aumenta-los quando se encontra com problemas.

Muito provavelmente pensamentos e vontades negativas sobre a vida passarão pela cabeça da pessoa depressiva, como o desejo de desaparecer e sumir da vida das pessoas ao redor, é muito comum que a pessoa se sinta um peso na vida dos amados, isso frequentemente ocasiona na ânsia pela morte ou de fuga do atual estado em que ela se encontra.

A frequência dos sintomas da depressão

Esses pensamentos prejudiciais podem se tornar recorrentes, e consequentemente resultam no aumento da sensibilidade da pessoa depressiva, fazendo com que coisas “pequenas” sejam gatilho para crises de ansiedade, de choro e desespero. Entretanto, não são todas as pessoas depressivas que apresentam esse comportamento sensível. A tristeza é somente um dos sintomas.

Um dos principais sintomas da depressão é “sentir nada”, todos os sentimentos regulares para os seres humanos se torna um grande vazio. É este vazio que é o problema, pois ele faz com que a pessoa não se importe com praticamente nada em sua vida, nem com seu trabalho, suas roupas, sua alimentação, ou acontecimentos do mundo. Ela perde vaidade, autocuidado, interesse nos familiares, e com todo o resto.

Padrões depressivos mais comuns

Esse é um dos sintomas da depressão, muito mais comum do que as pessoas costumam imaginar, mas é importante não confundir a depressão com tristeza, pois momentos tristes acontecem com a maioria das pessoas, uma vez na vida pelo menos, pensamentos sobre morte ou sentimento de indiferença aparecerá, mas se isso acontece corriqueiramente, e a mais de 30 dias, você deve se preocupar. Ainda mais, se esses sentimentos seguirem um padrão crescente e intenso.
Se você está tendo ou já teve algum dos sintomas citados nesse artigo, escreva um comentário, para que possamos debater o assunto. Se você já comentou com outra pessoa e teve como resposta “Ah, todo mundo tem isso”, ou até mesmo chegou nessa conclusão sozinha, é verdade, as pessoas geralmente passam por isso alguma vez em suas vidas.

Neurologista SP

Mas existem casos e casos, e como mencionado anteriormente, se os episódios depressivos vem acontecendo com frequência, você pode tirar dúvidas sobre eles. Nos comentários, deixamos um teste capaz de analisar as chances de haver uma depressão ou não, mas é pertinente lembrar que isso não é a mesma coisa que um diagnóstico. Mas pode ser utilizado como um indicativo para ir em busca de um médico que forneça um.

Clínica Regenerati Moema

De qualquer maneira, é fundamental procurar ajuda profissional caso existam suspeitas de sintomas da depressão ou episódios depressivos, para que se confirmado, seja iniciado o tratamento, que podem ser com medicamentos, com psicoterapia ou com estimulação magnética transcraniana.

Ficou em dúvida se você pode estra deprimido, ou conhece alguém que apresentou tais sintomas? Clique aqui e faça agora mesmo nosso TESTE GRATUITO para rastreio da Depressão!

Depressão – Quais os Sintomas da Depressão
5 100% 15
Compartilhe:

Deixe um Comentário