Responsive image

Definição da Insônia? Saiba qual é! Neurologista SP Explica!

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Conteúdos, Insônia

Publicado: 29 de março de 2022 | Atualizado: 30 de março de 2022

Uma simples Definição da Insônia é a dificuldade em adormecer, permanecer dormindo ou ter um sono reparador mesmo quando a pessoa tem a chance de fazê-lo.

Mas existem muitos mais fatores associados à insônia que precisam ser compreendidos. Neste artigo, saiba mais sobre a definição da insônia, suas classificações, seu diagnóstico e tratamento.

Qual é a Definição da Insônia?

Pessoas com insônia podem sentir que seu sono, quando existe, não surte efeito reparador e geralmente apresentam um ou mais dos seguintes sintomas:

Teste de Insônia
Teste que tem objetivo de quantificar o grau de insônia da pessoa.
  • Fadiga;
  • Falta de energia;
  • Sonolência diurna;
  • Sensação geral de mal-estar (mental e físico);
  • Dificuldade de concentração;
  • Alterações de humor;
  • Irritabilidade;
  • Ansiedade;
  • Diminuição do desempenho no trabalho ou na escola.

Classificações da Insônia

A insônia pode ser caracterizada com base em sua duração e pode ser classificada em aguda ou crônica, e em primária ou secundária.

Insônia Aguda

A insônia aguda é breve e geralmente ocorre devido a eventos pontuais (por exemplo, quando não se consegue dormir na noite anterior a uma prova ou entrevista de emprego, ou depois de receber uma notícia estressante ou ruim).

Muitas pessoas apresentam esse tipo de interrupção do sono e tendem a resolvê-la sem tratamento.

Casei com um profissional do ronco... E agora ?
Este livro conta a jornada de uma esposa que sofre com o ronco de seu marido e como que ela fez para lidar com a Apneia do Sono de seu marido.

Insônia Crônica

A insônia crônica é um sono interrompido que ocorre pelo menos três noites por semana e dura pelo menos três meses. Os distúrbios crônicos da insônia podem ter muitas causas:

  • Mudanças no ambiente;
  • Hábitos de sono nocivos;
  • Trabalho em turnos;
  • Desordens clínicas;
  • Determinados medicamentos.

A insônia crônica pode estar ligada a outras questões médicas ou psiquiátricas, embora em alguns casos seja difícil entender essa relação de causa e efeito.

Pessoas com insônia crônica podem se beneficiar de alguns tratamentos para ajudá-las a voltar aos padrões de Sono Saudáveis, como o uso de alguns medicamentos.

Insônia é algo mais sério do que você imagina!
Dormir mal pode tornar a sua vida um caos. Agende uma consulta e torne suas noites mais pacíficas.

Insônia Primária

Insônia primária significa que a dificuldade para dormir não está associada a outro transtorno mental ou físico. É um termo resumido que inclui:

  • insônia psicofisiológica (preocupação excessiva com o sono);
  • insônia paradoxal (insônia percebida apesar de sono suficiente);
  • insônia idiopática (sem razão conhecida).

Insônia Secundária

A definição da insônia secundária, que é o tipo mais comum de insônia, é um sintoma ou um efeito colateral de outra condição. Algumas causas de insônia secundária são:

  • Depressão ou Ansiedade;
  • Estresse;
  • Dor crônica, incluindo:
    • Fibromialgia,
    • Enxaqueca,
    • Artrite.
  • Problemas Gastrointestinais, incluindo Azia;
  • Distúrbios do Sono:
    • Apneia do Sono;
    • Síndrome das Pernas Inquietas.
  • Acidente Vascular Encefálico – AVE;
  • Doença de Alzheimer;
  • Menopausa e outros desequilíbrios hormonais;
  • Efeitos colaterais de medicamentos, incluindo aqueles que tratam asma, problemas cardíacos e alergias;
  • Cafeína, álcool ou tabaco;
  • Um ambiente de Sono ruim.

As pessoas com insônia tendem a ter Dificuldade em Adormecer, permanecer dormindo (manutenção do sono) e / ou acordam cedo demais pela manhã.

Diagnóstico e Tratamento

Seu médico fará um exame físico e perguntará sobre seu histórico médico e padrões de sono.

Pode ser interessante manter um diário do sono por uma semana ou duas, acompanhando seus padrões de sono e como você se sente durante o dia. Seu parceiro de cama também pode fornecer informações sobre o quanto e quão bem você está dormindo.

Em alguns casos, pode ser necessário realizar testes especiais em um instituto do sono.

O tratamento para insônia pode incluir componentes comportamentais, psicológicos ou um misto de ambos. Procure um neurologista de sua confiança para falar sobre sua situação particular e histórico de insônia, bem como suas causas, para decidir sobre o melhor plano de tratamento.

Assista ao vídeo e saiba mais informações:

Mais Informações sobre este assunto na Internet:

Artigo Publicado em: 29 de maio de 2018 e Atualizado em: 29 de março de 2022

Compartilhe:


Insônia

A insônia caracteriza-se pela dificuldade em adormecer, em permanecer dormindo (manutenção do sono) ou não conseguir ter um sono reparador. Esta condição é caracterizada com base em sua duração, e pode ser classificada em aguda ou crônica, e em primária ou secundária. A insônia é muito impactante para diversas funções do organismo, e seu tratamento pode incluir componentes comportamentais e psicológicos.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , , , , , , , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2021 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 08/04/2024