Responsive image

Arterite Temporal: Descubra as Causas, os Sintomas e o Tratamento desta Vasculite Inflamatória

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Conteúdos, Dor de Cabeça

Publicado: 4 de julho de 2023 | Atualizado: 4 de julho de 2023

A Arterite Temporal, também chamada de arterite de células gigantes, é um tipo de vasculite, um grupo de doenças cuja principal característica é a inflamação dos vasos sanguíneos.

Nessa condição, os vasos mais frequentemente envolvidos são as artérias do couro cabeludo e da cabeça, especialmente as artérias das têmporas.

Continue a leitura deste artigo para saber mais sobre a Arterite Temporal, suas causas, seus sintomas e seu tratamento.

Classifique a sua dor de cabeça
Está com dores de cabeça e não sabe o que pode ser ? Faça o nosso teste neurológico para te ajudar a classificar a sua dor de cabeça.

Em que Consiste a Arterite Temporal

A arterite de células gigantes é um tipo de inflamação que afeta as artérias médias a grandes. Causa inchaço, sensibilidade e danos aos vasos sanguíneos que fornecem sangue à cabeça, ao pescoço, à parte superior do corpo e dos braços.

Ocorre mais comumente nas artérias ao redor das têmporas (artérias temporais). Essas artérias se ramificam da artéria carótida no pescoço. Em alguns casos, a condição pode ocorrer em artérias de médio a grande porte em outros locais do corpo também.

Causas

A causa da condição é desconhecida. Acredita-se que seja devido, em parte, a uma resposta imune defeituosa. O distúrbio tem sido associado a algumas infecções e a certos genes.

Aprenda como tratar a dor de cabeça aguda
Está com fortes dores de cabeça e não sabe o que fazer? Baixe o e-book e aprenda a reconhecer os sintomas e realizar os primeiros tratamentos.

A arterite de células gigantes é mais comum em pessoas com outro distúrbio inflamatório conhecido como polimialgia reumática. A arterite de células gigantes quase sempre ocorre em pessoas com mais de 50 anos. É mais comum em pessoas descendentes do norte da Europa. A condição pode ocorrer em famílias.

Sintomas

O sintoma mais comum da Arterite Temporal é uma nova dor de cabeça, geralmente ao redor das têmporas, mas a dor de cabeça pode ocorrer em qualquer lugar.

Outros sintomas incluem:

Vença a dor de cabeça de uma vez por todas
Tem dores de cabeça frequentes que não passam nem com ajuda de remédios? Não perca tempo, agende uma consulta na Clínica Regenerati
  • Dor na mandíbula que ocorre ao mastigar (chamada claudicação da mandíbula);
  • Dor no braço depois de usá-lo;
  • Dores musculares;
  • Dor e rigidez no pescoço, nos braços, ombros e quadris (quando há polimialgia reumática);
  • Fraqueza, cansaço excessivo;
  • Febre;
  • Mal-estar geral.

Se a inflamação se espalhar para o suprimento sanguíneo do olho, a visão pode ser afetada. Os sintomas dessa complicação incluem:

  • Visão embaçada;
  • Visão dupla;
  • Visão reduzida repentina (cegueira em um ou ambos os olhos).

A perda permanente da visão pode ocorrer repentinamente, mas o tratamento adequado pode prevenir essa complicação.

Diagnóstico

Não existe um exame simples para confirmar o diagnóstico de Arterite Temporal. A confirmação diagnóstica é dada após um exame físico e a realização de exames complementares.

Durante o exame físico, o médico pode examinar sua cabeça à procura dos sintomas:

  • Couro cabeludo sensível ao toque;
  • Presença de uma artéria espessa e sensível em um lado da cabeça, mais frequentemente sobre uma ou ambas as têmporas.

Os exames de sangue podem incluir:

  • Hemoglobina ou hematócrito;
  • Testes de função hepática;
  • Taxa de sedimentação (ESR) e proteína C reativa (PCR).

Quando esses exames não conseguem fornecer um diagnóstico, pode ser necessário fazer uma biópsia da artéria temporal. Esse é um procedimento cirúrgico que pode ser feito em ambulatório.

Você também pode necessitar de outros exames, incluindo:

  • Eco-Doppler colorido das artérias temporais. Isso pode substituir uma biópsia da artéria temporal se for feito por um profissional com experiência no procedimento;
  • Angiografia por ressonância magnética ou tomografia computadorizada;
  • PET scan;
  • Biópsia. Se o ultrassom for positivo, uma biópsia pode não ser necessária. Se o ultrassom for negativo, o médico decidirá se uma biópsia é necessária.

Tratamento

O tratamento deve começar imediatamente após o diagnóstico para evitar a perda da visão. O tratamento de primeira linha, geralmente, é de 40-60 mg por dia de prednisona, um corticosteroide. Dores de cabeça e outros sintomas, geralmente, diminuem rapidamente com o tratamento.

Após cerca de um mês de altas doses de corticosteroides, a dose é reduzida. Para a maioria dos pacientes, a dose de prednisona é reduzida para 5-10 mg por dia durante alguns meses. Os pacientes, geralmente, diminuem completamente a prednisona após um a dois anos.

Os efeitos colaterais mais comuns do tratamento de Arterite Temporal ocorrem devido às doses mais altas de corticosteroides. Por exemplo, o tratamento com corticosteróides pode causar perda óssea, então seu médico pode querer que você faça um teste de densidade óssea e sugira suplementação com vitamina D, cálcio ou bisfosfonatos para prevenir a osteoporose e as fraturas ósseas.

Outros efeitos colaterais dos esteróides incluem humor nervoso, ganho de peso, falta de sono, fraqueza muscular, catarata e hematomas na pele. A maioria dos efeitos colaterais dos esteróides são temporários e podem ser controlados.

Mais informações sobre este assunto na Internet:
Compartilhe:


Dor de Cabeça

A Cefaleia, conhecida popularmente como dor de cabeça, pode ocorrer de modo isolado, quando apresenta um complexo sintomático agudo (como a enxaqueca), ou provida de doenças em desenvolvimento (como infecções). O diagnóstico é baseado na compreensão da fisiopatologia dessas dores de cabeça, na obtenção de um histórico clínico e na realização de um exame físico e neurológico criterioso, para formular um diagnóstico diferencial.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2024 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 10/05/2024