Responsive image

Anosmia – Conheça as Causas da Perda de Olfato

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Conteúdos, Doença de Parkinson, Neurologia Geral

Publicado: 4 de janeiro de 2022 | Atualizado: 4 de janeiro de 2022

Seu nariz não está percebendo suas fragrâncias favoritas? A comida não tem o mesmo cheiro que costumava ter? Então, você pode estar tendo anosmia, a perda de olfato.

Indivíduos com teste positivo para COVID-19 relataram ter perdido o paladar ou o olfato à medida que desenvolveram os sintomas. Mas a anosmia pode ter várias causas. E essa perda pode aparecer mais lentamente do que a perda de audição ou visão em alguns casos.

Também pode ter um grande impacto na sua saúde e segurança. Além de alertá-lo sobre odores agradáveis, seu nariz pode sinalizar perigo como vazamento de gás, comida estragada ou incêndio. Como o sentido do olfato é controlado por sensores no nariz que se conectam ao cérebro, a perda do olfato pode ser desencadeada por uma variedade de condições que variam de temporárias a permanentes.

Teste de Sonolência Diurna
Teste Epworth, determina o grau de sonolência diurna. Não somente para apneia, outras patologias também podem dar sono durante o dia

Neste artigo, compreenda algumas causas pelas quais seu nariz pode estar com “defeito”.

Causas da Perda de Olfato

Problemas nos Seios Nasais

Uma das razões mais comuns para perder temporariamente o olfato é o resfriado comum. Quando os seios da face incham ou ficam obstruídos com muco, eles bloqueiam os receptores de odor no tecido nasal.

Felizmente, essa é uma condição parcial e temporária que pode ser resolvida depois que o resfriado passa. As infecções crônicas dos seios da face ou alergias graves, às vezes, podem levar à anosmia contínua. Outras obstruções nasais, como pólipos, são geralmente temporárias, pois podem ser removidas.

Fumar

Os cigarros afetam o olfato. Fumar é uma forma de poluição e a exposição regular pode limitar sua capacidade de cheirar, assim como de sentir sabores.

A boa notícia é que quando você para de fumar ou reduz sua exposição ao fumo passivo, seu olfato geralmente retorna.

Doenças do Sistema Nervoso

Como o nariz está muito bem conectado ao cérebro, a perda do olfato pode ser um indicador precoce de que algo incomum está acontecendo com seu sistema nervoso.

Problemas com produtividade ? Isso pode ser mais grave do que você imagina!
Um checkup neurológico pode te ajudar te diversas maneiras e te fazer produtivo como nunca! Experimente e venha na Clínica Regenerati.

Embora não haja uma causa e efeito diretos entre anosmia e doença neurodegenerativa, se você estiver sentindo perda do olfato, vale a pena conversar com seu médico.

Lesão na Cabeça

Novamente, a conexão do cérebro com o olfato pode entrar em ação após um ferimento na cabeça. De concussões a cirurgia cerebral, qualquer tipo de traumatismo craniano pode afetar seu olfato quando os nervos olfativos são cortados, bloqueados ou danificados.

Dependendo da gravidade da lesão, essa perda pode ser permanente ou temporária. Quando o sentido do olfato começa a voltar, geralmente é um sinal de que o cérebro e os nervos estão se curando.

Medicamentos

Você notou a anosmia na lista de efeitos colaterais da sua medicação? Certos medicamentos, como antibióticos, anti-hipertensivos e anti-histamínicos, às vezes, podem causar uma perda temporária do olfato.

Mas seu nariz deve voltar a funcionar assim que você parar de tomar o medicamento.

Envelhecimento

Assim como a visão e a audição, seu olfato fica menos aguçado à medida que você envelhece. Depois dos 60 anos, você tem uma chance maior de perder o olfato, o que também pode alterar o paladar. Essa combinação contribui para a perda progressiva de peso entre os idosos.

Tratamento de Radiação

Pacientes que recebem tratamento com radiação para câncer de cabeça e pescoço normalmente apresentam problemas com o olfato como efeito colateral. A perda do olfato pode ser temporária ou se tornar permanente à medida que o tratamento continua.

Produtos Químicos

A exposição a produtos químicos agressivos, como inseticidas ou solventes que podem queimar a parte interna do nariz, pode danificar permanentemente o tecido nasal e os sensores de odor. Os culpados frequentes incluem: vapores de metacrilato, amônia, benzeno, pó de cádmio, formaldeído, sulfeto de hidrogênio, pó de níquel e ácido sulfúrico.

Para se proteger, use um dispositivo de respiração que cubra o nariz ao manusear qualquer produto químico de cheiro forte em casa ou no trabalho. Máscaras descartáveis ​​fornecem proteção inadequada.

Genética

Algumas pessoas simplesmente nascem com pouco ou nenhum olfato. Isso é conhecido como anosmia congênita e geralmente ocorre sozinho ou pode acompanhar outros distúrbios genéticos.

Como a perda do olfato pode ser causada por muitas doenças diferentes, muitas das quais relacionadas ao cérebro, é importante ser examinado por um médico neurologista se você notar que seu nariz não está funcionando tão bem como antes. Pode haver um motivo maior para o seu problema do que apenas resfriados ou você pode encontrar um tratamento para restaurar ou melhorar seu olfato.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Doença de Parkinson

A doença de Parkinson é uma condição neurológica crônica e progressiva, resultante da degeneração das células responsáveis pela produção de dopamina, um neurotransmissor que controla os movimentos, entre outras funções. Seus sintomas costumam afetar o movimento, e o diagnóstico é feito com base no histórico do paciente, avaliação dos sintomas e alguns exames. O tratamento deve ser individualizado, e comumente exige uma abordagem interdisciplinar.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2021 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 17/05/2022