Responsive image

Conheça as Alterações Emocionais Pós-AVC

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: AVC, Conteúdos

Publicado: 21 de maio de 2024 | Atualizado: 21 de maio de 2024

Um Acidente Vascular Cerebral (AVC) é um evento que transforma a vida de uma pessoa e de seus entes queridos em um instante. Além das sequelas físicas, como paralisia ou dificuldades de fala, muitas pessoas experimentam Alterações Emocionais Pós-AVC. Essas alterações podem ser resultado do dano direto ao tecido cerebral ou uma reação às mudanças e desafios trazidos pelo evento.

Neste artigo, exploraremos como o pós-AVC pode influenciar alterações emocionais e discutiremos estratégias para lidar com esses desafios.

Entendendo as Alterações Emocionais Pós-AVC

O AVC é uma das principais causas de incapacidade e mortalidade em todo o mundo. As mudanças físicas decorrentes do AVC são frequentemente imediatas e visíveis, como paralisia, perda de habilidades motoras e dificuldades de fala. No entanto, as mudanças emocionais podem ser menos óbvias, mas igualmente perturbadoras.

Teste de risco de AVC
Esse é um teste adaptado que ajuda a estimar o risco anual de se ter um AVC

Para muitos sobreviventes de AVC, a experiência é traumática, pois de repente eles se encontram em uma situação de perda de independência, incapacidade de realizar atividades diárias e, em alguns casos, de enfrentar limitações permanentes. A disfunção cerebral associada ao AVC também pode afetar áreas responsáveis pelo controle emocional e pelo comportamento. Como resultado, o período pós-AVC é frequentemente marcado por mudanças emocionais significativas.

Principais Alterações Emocionais no Pós-AVC

Luto e Perda

Uma das primeiras emoções que podem surgir após um AVC é o luto. Os sobreviventes de AVC podem lamentar a perda de sua vida anterior, de sua independência e das capacidades físicas que antes tinham. Esse processo de luto pode levar a sentimentos de tristeza profunda e pode ser acompanhado por outras emoções, como choque, raiva e culpa.

Depressão

A depressão é uma das complicações emocionais mais comuns após um AVC. Ela pode manifestar-se como tristeza profunda, perda de interesse em atividades que antes eram prazerosas, baixa energia, mudanças nos padrões de sono e apetite, e sentimentos de inutilidade ou culpa. Se não tratada, a depressão pode afetar a recuperação do paciente, dificultando o engajamento em atividades de reabilitação e impactando sua qualidade de vida. É crucial que quem sofre de depressão pós-AVC procure ajuda profissional.

A luta pela recuperação depois do AVC
Conheça a história de um paciente e sua luta pela reabilitação depois do AVC, com dicas para uma melhor jornada de recuperação.

Ansiedade

A ansiedade é outro efeito comum do pós-AVC. Muitos pacientes têm medo de sofrer outro AVC, preocupam-se com sua capacidade de recuperação e sentem-se inseguros sobre o futuro. A ansiedade pode se manifestar de várias formas, como inquietação, tensão muscular, dificuldade de concentração ou até mesmo ataques de pânico. Se a ansiedade começar a afetar a capacidade de viver uma vida normal, é importante procurar apoio profissional para tratamento.

Frustração e Raiva

A frustração é uma resposta natural à perda de habilidades que antes eram consideradas certas. A raiva pode ser dirigida a si mesmo, aos cuidadores ou à situação em geral. Essas emoções podem ser prejudiciais se não forem gerenciadas adequadamente, levando a problemas de relacionamento e retardando a recuperação. Encontrar maneiras saudáveis de expressar e lidar com a frustração é fundamental para um processo de recuperação bem-sucedido.

Emocionalismo

O emocionalismo, ou labilidade emocional, é uma condição em que a pessoa tem dificuldade em controlar suas emoções. Pode resultar em explosões de choro ou riso sem motivo aparente, bem como reações emocionais desproporcionais a eventos menores. Isso pode ser perturbador para o paciente e para as pessoas ao seu redor. Felizmente, há tratamentos disponíveis que podem ajudar a controlar esses sintomas.

1 a cada 4 terão AVC segundo a OMS
Não seja apenas mais uma estatística. Agende sua consulta na Clínica Regenerati

Lidando com as Alterações Emocionais Pós-AVC

  • Terapias de Fala: Terapias como a terapia cognitivo-comportamental (TCC) podem ser extremamente eficazes no tratamento de alterações emocionais pós-AVC. A TCC ajuda a identificar e mudar padrões de pensamento negativos, incentivando uma abordagem mais positiva para a recuperação em um ambiente seguro;
  • Medicação: Os antidepressivos e outros medicamentos podem ser necessários para tratar a depressão ou ansiedade pós-AVC. A medicação deve ser administrada por um profissional de saúde qualificado, e a resposta do paciente deve ser monitorada cuidadosamente. Em alguns casos, pode ser necessário ajustar a medicação para encontrar a dose certa;
  • Grupos de Apoio: Os grupos de apoio também permitem que os sobreviventes de AVC compartilhem suas experiências e aprendam uns com os outros;
  • Apoio Social e Familiar: O apoio de amigos, familiares e grupos de suporte pode fazer uma diferença significativa na recuperação emocional pós-AVC. Ter pessoas com quem falar sobre os sentimentos e preocupações pode ajudar a aliviar a carga emocional;
  • Estilo de Vida Saudável: Manter um estilo de vida saudável pode ajudar a gerenciar alterações emocionais pós-AVC. Exercícios regulares, uma alimentação equilibrada e um bom padrão de sono podem contribuir para melhorar o humor e reduzir a ansiedade. Atividades que promovem relaxamento, como ioga ou meditação, também podem ser benéficas.

As alterações emocionais no pós-AVC podem ser complexas e desafiadoras, mas há suporte e tratamentos disponíveis para ajudar os sobreviventes a lidar com essas mudanças. Procurar ajuda profissional é fundamental, especialmente se as emoções se tornarem opressoras ou interferirem na recuperação. Além disso, o apoio de familiares, amigos e grupos de suporte pode fazer uma diferença significativa no processo de recuperação emocional.

Se você ou alguém que você conhece está enfrentando essas mudanças emocionais após um AVC, não hesite em buscar ajuda e apoio. Juntos, é possível superar os desafios e encontrar uma nova perspectiva para o futuro.

Mais informações sobre este assunto na Internet:
Compartilhe:


AVC

Popularmente conhecido como AVC, o Acidente Vascular Cerebral pode ser definido como o surgimento de um déficit neurológico súbito, causado por um problema nos vasos sanguíneos do sistema nervoso central. Dividido em dois subtipos, isquêmico e hemorrágico, o AVC pode ser evitado com a prática regular de exercícios físicos, alimentação saudável, abandono dos hábitos de fumar e ingerir álcool frequentemente.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2024 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 07/06/2024