Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo


O Que é Autismo – Será que você é autista?

Categorias: Conteúdos, Neurologia Geral




O Que é Autismo – Será que você é autista?

Publicado: 24/12/19 | Atualizado: dezembro 17, 2019

O Que é Autismo – Será que você é autista? – O autismo, ou transtorno do espectro do autismo (TEA), refere-se a uma ampla gama de condições caracterizadas por desafios com habilidades sociais, comportamentos repetitivos, fala e comunicação não-verbal. Pode envolver uma ampla gama de sintomas e habilidades. A patologia pode ser um problema menor ou uma deficiência que precisa de cuidados em tempo integral. Continue lendo este artigo para saber mais sobre a condição

Autismo – Saiba Mais

Não há somente um tipo de autismo, mas muitos subtipos. As características de cada subtipo são influenciadas por uma combinação de fatores genéticos e ambientais. Porque está condição é um distúrbio do espectro, cada pessoa com autismo têm um conjunto distinto de forças e desafios. As maneiras pelas quais as pessoas aprendem, pensam e resolvem problemas podem variar de altamente qualificadas a severamente desafiadas. Algumas pessoas com TEA podem necessitar de apoio significativo em suas vidas diárias, enquanto outras podem precisar de menos apoio e, em alguns casos, viver de forma totalmente independente.

Os indicadores de autismo geralmente aparecem aos 2 ou 3 anos de idade. Alguns atrasos de desenvolvimento associados podem aparecer ainda mais cedo e, muitas vezes, podem ser diagnosticados em 18 meses. Pesquisas mostram que a intervenção precoce leva a resultados positivos mais tarde na vida das pessoas com autismo.

Complicações no Cotidiano – O Que é Autismo

Pessoas com está condição têm problemas com a comunicação. Ou seja, dificuldade para entender o que as outras pessoas pensam e sentem. Isso dificulta com que eles se expressam, com palavras ou por meio de gestos, expressões faciais e toques.

Pessoas com autismo podem ter problemas com o aprendizado. Suas habilidades podem se desenvolver de maneira desigual. Por exemplo, eles podem ter problemas para se comunicar, mas são extraordinariamente bons em arte, música, matemática ou memória. Por isso, eles podem se sair especialmente bem em testes de análise ou solução de problemas.

O Que é Autismo - Será que você é autista?

Sinais e Sintomas – O Que é Autismo

Os sintomas do autismo geralmente aparecem antes que a criança complete 3 anos. Algumas pessoas mostram sinais desde o nascimento. Os sintomas mais comuns incluem:

  • Falta de contato visual;
    • Poucos Interesses ou interesse intenso em tópicos específicos;
  • Repetir ações de maneira excessiva, como repetir palavras ou frases, movimentar-se balançando o corpo para frente e para trás;
  • Não olhar ou ouvir outras pessoas;
    • Evitar olhar as coisas quando outra pessoa aponta para elas;
  • Não querer abraçar ou ser abraçado;
    • Problemas para entender ou usar fala, gestos, expressões faciais ou tom de voz;
  • Conversar com uma voz cantada, plana ou robótica;
    • Problemas para se adaptar às mudanças na rotina.

Causas

A causa exata do autismo atualmente não é certa. Mas existem indicações que apontam para problemas em partes do cérebro que interpretam a entrada sensorial e a linguagem do processo, causando o autismo.

O autismo é quatro vezes mais comum em meninos do que em meninas. E pode afetar pessoas de qualquer raça, etnia ou origem social. A renda familiar, o estilo de vida ou o nível educacional não afetam o risco de autismo de uma criança.

O autismo ocorre em famílias, portanto, certas combinações de genes podem aumentar o risco de uma criança desenvolver a doença. Uma criança com um pai com mais idade do que pais geralmente têm, possuem um risco maior de autismo.

Caso a mulher grávida seja exposta a certos medicamentos ou produtos químicos, como álcool ou medicamentos contra convulsões, a probabilidade de seu bebê desenvolver autismo é aumentado. Outros fatores de risco incluem condições metabólicas maternas, como diabetes e obesidade. Não há evidências de que as vacinas causem autismo.

Tratamento – O Que é Autismo

Não há cura para está condição. Mas o tratamento precoce pode fazer uma grande diferença no desenvolvimento de uma criança que a porta. O que funciona para uma pessoa pode não funcionar para outra, por isso o médico responsável pelo casa deve adaptar o tratamento para o paciente. Os dois principais tipos de tratamentos são:

Terapia Comportamental

A terapia comportamental com abordagem focada na comunicação ajuda na estrutura e organização. Promove o comportamento positivo e desencoraja o comportamento negativo. A terapia pode ajudar com habilidades para a vida, como vestir-se, comer e se relacionar com as pessoas. Pode ajudar alguém que tem problemas em ser tocado ou com visões ou sons. E melhora as habilidades de comunicação. Cada uma dessas habilidades será exploradas em diferentes subtipos de terapia.

Medicamentos – O Que é Autismo

São outra alternativa para ajudar com sintomas de TEA, como problemas de atenção, hiperatividade ou ansiedade.

Lembre-se de conversar com seu médico de confiança caso deseje solucionar uma dúvida, abordar novo tratamento e etc.


Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.



Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!


Willian Rezende do Carmo, 2019 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 04/01/2020