Neurologista - Dr. Willian Rezende

Neuropatia Diabética: Entenda o Que É


A neuropatia diabética é a complicação mais comum da diabetes mellitus, afetando até 50% dos pacientes. A condição envolve a presença de sintomas ou sinais de disfunção nervosa em pessoas com diabetes, após outras causas possíveis terem sido excluídas.

Para saber mais sobre esta condição, seus sintomas e formas de prevenção, continue a leitura deste artigo.

Neuropatia Diabética – Saiba Mais sobre esta Complicação Neurológica da Diabetes

Neuropatia diabética é o nome dado ao dano nervoso que ocorre com a diabetes, pois o nível elevado de açúcar no sangue pode “ferir” os nervos em todo o corpo. Na maioria das vezes, a glicose excessiva danifica os nervos das pernas e pés.

Neuropatia Diabética – Sintomas

Dependendo de quais são os nervos afetados, o paciente pode apresentar dor e dormência nas pernas e pés, problemas digestivos, no trato urinário, vasos sanguíneos e coração.

Existem quatro tipos de neuropatia diabética. Deste modo, os sintomas dependem do tipo de neuropatia e dos nervos afetados. São eles:

Neuropatia Periférica

É o tipo mais comum de neuropatia diabética, com sintomas frequentemente piores à noite, incluindo:

  • Dormência e redução da capacidade de sentir dor ou mudanças de temperatura;
  • Formigamento ou sensação de queimação;
  • Dores ou cãibras;
  • Maior sensibilidade ao toque;
  • Fraqueza muscular;
  • Perda de reflexos, principalmente no tornozelo;
  • Perda de equilíbrio e coordenação;
  • Problemas graves nos pés, como úlceras, infecções, dores nos ossos e articulações.

Neuropatia Autonômica

A Diabetes pode afetar os nervos do sistema nervoso autônomo, que controlam o coração, a bexiga, o estômago, os intestinos, os órgãos sexuais e os olhos, causando:

  • Falta de percepção de que os níveis de açúcar no sangue estão baixos;
  • Problemas da bexiga, como retenção ou incontinência urinária;
  • Constipação ou diarreia descontrolada;
  • Esvaziamento lento do estômago, causando náuseas, vômitos, inchaço e perda de apetite;
  • Dificuldade em engolir;
  • Aumento ou diminuição da transpiração;
  • Problemas no controle da temperatura corporal;
  • Aumento da frequência cardíaca em repouso;
  • Hipotensão Ortostática;
  • Disfunção erétil.

Amiotrofia Diabética

Esta neuropatia afeta os nervos dos quadris, coxas, nádegas ou pernas, sendo comum em pessoas com diabetes tipo 2. Os sintomas descritos abaixo geralmente ocorrem apenas em um lado do corpo, mas às vezes podem se espalhar para o outro lado:

  • Dor intensa em quadril, coxa ou nádega;
  • Fraqueza nos músculos da coxa;
  • Dificuldade para levantar-se;
  • Inchaço abdominal;
  • Perda de peso.

A maioria das pessoas melhora ao longo do tempo, embora os sintomas possam piorar antes de melhorar.

Mononeuropatia

A mononeuropatia é um dano em um nervo específico na face, tronco ou perna, que ataca de repente, podendo causar dor severa. Esta condição é mais comum em adultos mais velhos, e não causa problemas a longo prazo.

Seus sintomas dependem de qual nervo está comprometido, podendo afetar a canela ou pé, costas ou pélvis, coxa, peito ou abdômen.

Às vezes, a mononeuropatia ocorre quando algo está pressionando um nervo (compressão do nervo). A síndrome do túnel do carpo é um tipo comum de neuropatia de compressão. Pode causar dormência ou formigamento na mão ou dedos, tornar a mão mais fraca, a ponto de deixar cair coisas.

Prevenção da Neuropatia Periférica

Na maioria das vezes, é possível evitar a neuropatia diabética ou retardar o seu progresso com o controle dos níveis de açúcar no sangue e um estilo de vida saudável.

A American Diabetes Association recomenda que as pessoas com diabetes façam o teste de glicemia pelo menos duas vezes por ano, para identificar o nível médio de açúcar no sangue e tomar novas medidas de controle, se necessário.

Seguir um acompanhamento frequente com o médico neurologista também é uma medida importante para evitar as complicações neurológicas da diabetes.

Fonte: https://www.niddk.nih.gov/health-information/diabetes/overview/preventing-problems/nerve-damage-diabetic-neuropathies

Neuropatia Diabética: Entenda o Que É
5 100% 1
Compartilhe:

Deixe um Comentário