Responsive image

Impotência Sexual: Conheça suas Possíveis Causas!

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Conteúdos, Emoções, Neurologia Geral

Publicado: 20 de maio de 2019 | Atualizado: 20 de maio de 2019

A impotência sexual é um problema considerado comum, pois afeta milhares de pessoas. No entanto, suas causas e particularidades nem sempre são conhecidas pela população. Você suspeita que alguém tenha impotência sexual, mas não tem certeza do que está acontecendo? Continue lendo este artigo para saber mais sobre o assunto.

Impotência Sexual – Saiba Mais

A impotência sexual caracteriza-se pela incapacidade de ficar com o membro sexual masculino ereto, ou mantê-lo reto de forma consistente até ejacular. Vários fatores podem contribuir para a condição, incluindo transtornos emocionais e físicos.

Um deles é o envelhecimento, ou seja, o avanço da idade pode levar ao desenvolvimento da condição. Os fatores de risco são ainda maiores em homens que já foram diagnosticados com um ou mais distúrbios cardiovasculares.

Teste de Depressão (PDQ-9)
Esse teste é adaptado do PDQ-9 para quantificação do grau de depressão

A impotência geralmente tem um efeito negativo na vida sexual e pode causar estresse adicional, baixa autoestima e até mesmo a depressão. Por isso, saber reconhecer e tratar as causas da condição pode fazer uma grande diferença na vida dos portadores.

Impotência Sexual – Causas

As principais causas da impotência sexual são depressão, estresse e baixa auto-estima. Além disso, todo problema de ereção tem relação com algum dos 3 elementos a seguir:

  • Vascular;
  • Neurológico;
  • Hormonal.

Doenças Endócrinas

O sistema endócrino do corpo produz hormônios que regulam o metabolismo, a função sexual, a reprodução, o humor, entre outros. O Diabetes é um exemplo de doença endócrina que pode causar a impotência, pois afeta a capacidade do organismo de usar o hormônio insulina.

Crise de pânico - Como reconhecer e ter controle
Este livro contém elementos para reconhecer uma crise de pânico e técnicas para como se controlar quando isso acontecer

Algumas das complicações associadas ao diabetes crônico são: lesão do nervo que afeta a sensibilidade do pênis, fluxo sanguíneo e níveis hormonais prejudicados, entre outros.

Distúrbios Neurológicos e Nervosos

Várias condições neurológicas podem aumentar o risco de impotência sexual. Isso acontece devido a distúrbios nervosos, que afetam a capacidade do cérebro de se comunicar com o sistema reprodutivo, possivelmente impedindo a ereção.

Os distúrbios neurológicos associados à impotência incluem:

Não deixe as emoções te dominarem!
Problemas com emoções não são normais e nem frescura, não importa a idade. Busque ajuda com um profissional da saúde.
  • Doença de Alzheimer;
  • Mal de Parkinson;
  • Tumores cerebrais ou espinhais;
  • Esclerose múltipla (EM);
  • Acidente vascular encefálico;
  • Epilepsia do lobo temporal.

Medicamentos

Certos medicamentos afetam o fluxo sanguíneo, o que pode levar a disfunção erétil. Nunca pare de tomar um remédio sem antes conversar com seu médico, mesmo que ele seja conhecido por causar impotência.

Condições Relacionadas ao Cardíaco

Condições que afetam o coração e sua capacidade de bombear sangue podem causar impotência. Sem fluxo sanguíneo suficiente para o pênis, não há ereção.

Outra condição que se enquadra nesta categoria é a aterosclerose, distúrbio que faz com que os vasos sanguíneos fiquem entupidos, causando impotência. Colesterol alto e hipertensão também estão associados a maiores riscos de impotência.

Fatores de Estilo de Vida e Transtornos Emocionais

Para conseguir atingir o estágio de ereção, o primeiro passo é percorrer a fase da excitação, que pode ser uma resposta emocional. Distúrbio emocionais podem afetar sua capacidade de excitação. Algumas doenças relacionadas a esse fator são:

  • Ansiedade e Depressão;
  • Fadiga relacionada à depressão;
  • Abuso de drogas, como cocaína e anfetaminas;
  • Abuso alcoólico.

Saiba mais sobre a disfunção erétil e suas diferentes causas assistindo ao vídeo disponibilizado a seguir:

Fonte: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0140673607602384

Compartilhe:


Emoções

Os transtornos emocionais caracterizam-se por disfunções comportamentais e cerebrais, que afetam a saúde psicológica e a qualidade de vida dos pacientes. Distúrbios como depressão, ansiedade, estresse, síndrome do pânico e fobia social estão inclusos nesta categoria. As causas, sintomas, e terapias variam de acordo com a condição. É essencial buscar ajuda especializada para diagnosticar e tratar adequadamente o problema.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , , , , , , , , , , , , , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2021 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 05/04/2024