Neurologista - Dr. Willian Rezende

Dor de Cabeça Causada por Exercícios


A cefaleia dos exercícios refere-se a dor de cabeça que é desencadeada por atividades físicas ou esforço. Embora causas secundárias devam ser excluídas, a maioria dos casos de cefaleia é benigna, idiopática e autolimitada.

Este artigo cita critérios de diagnóstico para cefaleia primária do exercício, além de apresentar os sintomas da condição e mais detalhes desse assunto.

Dor de Cabeça Causada por Exercícios – O Básico

A cefaleia do exercício primário, anteriormente conhecida como cefaleia primária de esforço, é um tipo de dor de cabeça raro que ocorre apenas durante ou após a realização de exercícios físicos.

Esta dor de cabeça causada por exercícios é denominada “primária” porque não é causada por outra condição. Pessoas com uma cefaleia de exercício nova ou nunca avaliada antes devem ser cuidadosamente analisados por seu médico, para procurar uma causa secundária.

Além disso, é necessário considerar a realização de exames de imagens do cérebro e dos vasos sanguíneos, para excluir condições como tumor cerebral, cefaleia primária, dissecção arterial, síndrome da vasoconstrição cerebral reversível ou outra lesão que bloqueie o fluxo de fluido espinhal.

Dor de Cabeça Causada por Exercícios – Saiba Mais

Pessoas com cefaleia induzida por exercícios e fatores de risco cardiovasculares (como histórico de ataque cardíaco, doença arterial coronariana, diabetes, hipertensão, colesterol alto, obesidade ou tabagismo) devem ser realizar uma avaliação para doenças cardíacas como causa de cefaleia.

A cefaleia do exercício primário é comumente descrita como bilateral (atinge ambos os lados da cabeça) e pulsante. A cefaleia do exercício primário geralmente dura de cinco minutos a 48 horas.

Pode ter também características e sintomas semelhantes à enxaqueca, e deve ser diferenciada da enxaqueca que é desencadeada pelo esforço cotidiano. É mais provável que a cefaleia primária ocorra em climas quentes ou em grandes altitudes, mas também pode ocorrer em diferentes contextos.

Dor de Cabeça do Exercício Primário – Tratamento

A cefaleia do exercício primário é muitas vezes autolimitada, o que significa que ocorre durante um período de tempo e, em seguida, deixa de acontecer. A cefaleia primária é muitas vezes autolimitada para um período de três a seis meses. Dada a natureza autolimitada da cefaleia primária, as pessoas devem ser aconselhadas a evitar exercícios físicos pesados ou excessivos, se possível.

Nos casos em que a dor de cabeça é leve ou se desenvolve lentamente, o aquecimento antes do exercício e/ou um programa de exercícios que comece devagar e aumente em intensidade gradativamente (somente após um longo período de meses) podem evitar dores de cabeça primárias.

Medicamentos

Alguns medicamentos como naproxeno ou a indometacina, administrados cerca de 30 a 60 minutos antes do exercício, podem prevenir a cefaleia primária em alguns casos. No entanto, o tratamento com estas medicações deve ser monitorado para evitar a irritação do estômago.

Os betabloqueadores, como o nadolol e o propranolol, também são eficazes na prevenção da cefaleia primária, e são opções razoáveis ​​para pessoas que não podem tomar naproxeno ou indometacina. Como a cefaleia primária é autolimitada, sugere-se que os tratamentos sejam interrompidos após seis meses para reavaliação de sua necessidade.

Fonte: https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs11910-018-0840-8

Compartilhe

Dor de Cabeça

A Cefaleia, conhecida popularmente como dor de cabeça, pode ocorrer de modo isolado, quando apresenta um complexo sintomático agudo (como a enxaqueca), ou provida de doenças em desenvolvimento (como infecções). O diagnóstico é baseado na compreensão da fisiopatologia dessas dores de cabeça, na obtenção de um histórico clínico e na realização de um exame físico e neurológico criterioso, para formular um diagnóstico diferencial.

Ligue agora e agende sua consulta:

(11) 3522-9515




Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *