Responsive image

Dicas Práticas para Gerenciamento de Estresse

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Conteúdos, Emoções

Publicado: 3 de janeiro de 2023 | Atualizado: 3 de janeiro de 2023

Gerenciamento de Estresse. Se você vive com altos níveis de estresse, está colocando em risco todo o seu bem-estar. O estresse causa estragos em seu equilíbrio emocional, bem como em sua saúde física. Ele restringe sua capacidade de pensar com clareza, funcionar de forma eficaz e aproveitar a vida.

Embora possa parecer que não há nada que você possa fazer sobre o estresse no trabalho e em casa, existem medidas que você pode tomar para aliviar a pressão e recuperar o controle. Continue a leitura deste artigo para saber mais.

Técnicas de Gerenciamento de Estresse

O gerenciamento eficaz do estresse ajuda a quebrar o bloqueio que ele exerce sobre sua vida. Mas o gerenciamento do estresse não é de tamanho único. Por isso, é importante experimentar e descobrir o que funciona melhor para você. As dicas de gerenciamento de estresse a seguir podem ajudá-lo a fazer isso.

Teste de Depressão (PDQ-9)
Esse teste é adaptado do PDQ-9 para quantificação do grau de depressão

Identifique as Fontes de Estresse

O gerenciamento do estresse começa com a identificação das fontes de estresse em sua vida. Embora seja fácil identificar os principais estressores, como troca de emprego, mudança ou divórcio, é muito fácil ignorar fatores como seus próprios pensamentos, sentimentos e comportamentos, que contribuem para seus níveis de estresse diário.

Claro, você pode saber que está constantemente preocupado com os prazos de trabalho, mas talvez seja sua procrastinação, e não as demandas reais do trabalho, que esteja causando o estresse. Para identificar suas verdadeiras fontes de estresse, observe atentamente seus hábitos, suas atitudes e desculpas.

Pratique os 4 A’s do Gerenciamento do Estresse

Embora o estresse seja uma resposta automática do seu sistema nervoso, alguns estressores surgem em momentos previsíveis: seu trajeto para o trabalho, uma reunião com seu chefe ou reuniões familiares, por exemplo.

Crise de pânico - Como reconhecer e ter controle
Este livro contém elementos para reconhecer uma crise de pânico e técnicas para como se controlar quando isso acontecer

Ao lidar com esses estressores previsíveis, você pode mudar a situação ou mudar sua reação. Ao decidir qual opção escolher em qualquer cenário, é útil pensar nos quatro A’s:

  • Evitar, do inglês, “avoid” – Não é saudável evitar uma situação estressante que precisa ser tratada, mas você pode se surpreender com o número de estressores em sua vida que você pode eliminar;
  • Alterar – Se você não pode evitar uma situação estressante, tente alterá-la. Muitas vezes, isso envolve mudar a maneira como você se comunica e opera em sua vida diária;
  • Adaptar – Se você não pode mudar o estressor, mude a si mesmo. Você pode se adaptar a situações estressantes e recuperar seu senso de controle mudando suas expectativas e atitudes;
  • Aceitar – Algumas fontes de estresse são inevitáveis. Você não pode prevenir ou mudar estressores como a morte de um ente querido, uma doença grave ou uma recessão nacional. Nesses casos, a melhor maneira de lidar com o estresse é aceitar as coisas como elas são. A aceitação pode ser difícil, mas, a longo prazo, é mais fácil do que reclamar de uma situação que você não pode mudar.

Mova-se

Quando você está estressado, a última coisa que você provavelmente sente vontade de fazer é se levantar e se exercitar. Mas a atividade física alivia muito o estresse – e você não precisa ser um atleta ou passar horas em uma academia para experimentar os benefícios.

O exercício libera endorfinas que fazem você se sentir bem e também pode servir como uma distração valiosa de suas preocupações diárias.

Não deixe as emoções te dominarem!
Problemas com emoções não são normais e nem frescura, não importa a idade. Busque ajuda com um profissional da saúde.

Embora você obtenha o máximo benefício de se exercitar regularmente por 30 minutos ou mais, não há problema em aumentar seu nível de condicionamento físico gradualmente. Mesmo atividades muito pequenas podem se acumular ao longo de um dia. O primeiro passo é se levantar e se mover.

Enquanto estiver se exercitando, faça um esforço consciente para prestar atenção ao seu corpo e às sensações físicas (e, às vezes, emocionais) que você experimenta enquanto se move. Concentre-se em coordenar sua respiração com seus movimentos, por exemplo, ou observe como você sente o ar ou a luz do sol em sua pele. Adicionar esse elemento de atenção plena ajudará você a romper o ciclo de pensamentos negativos que geralmente acompanham o estresse avassalador.

Reserve um Tempo para Relaxar

Além de assumir o controle e uma atitude positiva, você pode reduzir o estresse em sua vida dedicando um tempo para si mesmo. Não fique tão envolvido com a agitação da vida a ponto de se esquecer de cuidar de suas próprias necessidades.

Cuidar de si mesmo é uma necessidade, não um luxo. Se você regularmente reserva tempo para se divertir e relaxar, estará em um lugar melhor para lidar com os estressores da vida.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:
Compartilhe:


Emoções

Os transtornos emocionais caracterizam-se por disfunções comportamentais e cerebrais, que afetam a saúde psicológica e a qualidade de vida dos pacientes. Distúrbios como depressão, ansiedade, estresse, síndrome do pânico e fobia social estão inclusos nesta categoria. As causas, sintomas, e terapias variam de acordo com a condição. É essencial buscar ajuda especializada para diagnosticar e tratar adequadamente o problema.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2024 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 10/05/2024