Responsive image

Como é Feito o Diagnóstico de TDAH?

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Conteúdos, Neurologia Geral, TDAH

Publicado: 19 de dezembro de 2023

Diagnóstico de TDAH. O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é uma condição neurológica que afeta crianças e adultos, sendo muitas vezes subdiagnosticado no Brasil. Estudos apontam que de 7% a 10% das crianças apresentam esse transtorno, o qual pode persistir ao longo da vida.

Neste artigo, abordaremos como é realizado o diagnóstico clínico, as variações do TDAH, as dificuldades enfrentadas por quem convive com essa condição e os métodos de tratamento.

O que é TDAH, Tipos e Exames de Diagnóstico de TDAH

O TDAH é uma condição de base genético-biológica, confirmada por meio de ressonância funcional e volumetria populacional de córtex, entre outras tecnologias. Afeta não apenas crianças, mas também adultos, impactando o aprendizado e a realização de tarefas cotidianas. Existem variações nos padrões de TDAH, incluindo desatenção, hiperatividade e formas mistas.

Variações do TDAH:

  • Desatento: Dificuldade em realizar tarefas monótonas, repetitivas e propensão a distração;
  • Hiperativo: Grande atividade motora, dificuldade em permanecer quieto por muito tempo;
  • Misto: Combinação de desatenção e hiperatividade.

O protocolo diagnóstico geralmente envolve avaliação médica e neuropsicológica, considerando o histórico do paciente, avaliação psicológica e participação dos pais. Recentemente, um eletroencefalograma diferenciado tem sido utilizado para análise quantitativa das ondas cerebrais, proporcionando maior precisão no diagnóstico.

Sintomas e Diagnóstico Clínico

Os sintomas incluem desatenção, impulsividade e hiperatividade, afetando a capacidade de realizar tarefas cotidianas. O diagnóstico requer a presença persistente de seis ou mais sintomas por mais de seis meses, com evidências de impacto no funcionamento social, acadêmico ou profissional.

Realizado por especialistas como psiquiatras, neurologistas, neuropediatras e neurologistas, o diagnóstico envolve consultas mais longas, avaliação do histórico do paciente e, muitas vezes, a participação dos pais. A compreensão do desenvolvimento desde a gestação até a idade atual é essencial.

O diagnóstico clínico do TDAH é desafiador, pois nem todo indivíduo com dificuldade de aprendizado possui o transtorno. Não está relacionado à inteligência, e os padrões de TDAH variam. A pressão social por produtividade pode levar ao subdiagnóstico, criando uma percepção equivocada do transtorno como uma questão social.

Diagnóstico de Acordo com o DSM-5

O DSM-5 estabelece critérios específicos para o diagnóstico do TDAH, considerando desatenção, hiperatividade e impulsividade. São necessários pelo menos seis sintomas persistentes por seis meses, impactando negativamente o funcionamento em diferentes ambientes.

O TDAH é uma condição complexa que requer abordagem multidisciplinar. O diagnóstico clínico, baseado em critérios específicos, é fundamental para o início do tratamento. A compreensão das variações do transtorno e a conscientização sobre suas causas são cruciais para superar estigmas sociais e promover um ambiente mais inclusivo para aqueles que vivem com o TDAH.

Tratamento Multidisciplinar e Complicações Possíveis

O tratamento do TDAH é multidisciplinar, envolvendo profissionais da área médica, de saúde mental e pedagógica. Além de medicamentos como o metilfenidato, intervenções psicoterápicas, como a Terapia Cognitivo Comportamental, são amplamente utilizadas. Grupos de apoio psicoeducativos são recomendados para fornecer suporte e informações às famílias.

A falta de tratamento adequado para o TDAH pode resultar em consequências significativas, como fracasso escolar, rejeição social, bullying, desemprego e conflitos interpessoais. Adultos com TDAH têm maior probabilidade de desenvolver outros transtornos, como personalidade antissocial e obesidade.

Saiba mais assistindo ao vídeo:

Fonte: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4356845/

 

Clique aqui se quiser receber conteúdo relacionado a Emoções no seu chat do Facebook.

Ou clique aqui se quiser receber conteúdos relacionados a Memória no seu chat do Facebook.

Artigo Publicado em: 20 de nov de 2018 e Atualizado em: 19 de dez de 2023

Compartilhe:


Agende sua Consulta!



Tags:, , , , , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.



Willian Rezende do Carmo, 2024 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 10/07/2024