Neurologista - Dr. Willian Rezende

Olhos Piscando Excessivamente: Saiba Mais!


Ficar com os olhos piscando é um sintoma consideravelmente comum, e por isso muitas pessoas possuem dúvidas sobre isso. Neste artigo, vamos esclarecer as maiores dúvidas dos pacientes.

Apesar da ocorrência frequente desse sintoma, ele pode ter diversos fatores de risco que podem prejudicar a sua saúde e, principalmente, a sua visão.

Se você quer saber o que é e porque os seus olhos ficam piscando, leia este artigo até o final.

Olhos Piscando Excessivamente – O que Pode Ser?

Quase todo mundo já presenciou o fenômeno dos olhos piscando. Caso você nunca tenha tido esse sintoma, provavelmente já ouviu falar de alguém que piscava os olhos com certa frequência.

Mesmo que o sintoma em si não seja algo fora do comum, a frequência dele pode ser sim anormal de inúmeras maneiras, e esse sintoma pode ser uma indicação de uma doença possivelmente grave.

O piscar dos olhos é algo feito naturalmente pelo corpo, esse movimento das pálpebras acontece para que o globo ocular seja lubrificado. Maas se o olho estiver fechando involuntariamente e ininterruptamente sem causa aparente (como contato com algo que possa irritar os olhos) provavelmente há um problema.

Olhos Piscando Excessivamente – A Frequência desse Sintoma

Esse sintoma atinge várias pessoas (principalmente as mulheres: quatro mulheres para quase dois homens), com cerca de 40 a 60 anos de idade.

As pessoas que possuem fatores de risco têm maior chance de ficar com esse tipo de sintoma. Alguns desses fatores de risco são:

  • Histórico de trauma na cabeça;
  • Histórico de distonia na família.

Além dos fatores de risco, algumas situações no dia-a-dia podem fazer com que a pessoa provoque esse sintoma em si mesma, como:

  • Pessoas com espasmo no olho: às vezes, as pessoas que experienciam espasmos no olho durante o dia acabam piscando muito, como reflexo a isso;
  • Olho muito seco (ou corpo estranho no olho): Quando o olho fica muito seco ou um corpo estranho cai nele (como um cílio por exemplo), a pessoa acaba ficando estressada e desesperada para melhorar a situação de incômodo, e geralmente começa a coçar e piscar o olho intensamente.
  • Paciente que toma muitos medicamentos: Alguns medicamentos causam no paciente uma vontade expressiva de piscar freneticamente.

Olhos Piscando Excessivamente – O Diagnóstico

Para entender o problema que está acontecendo, é necessário checar se o paciente está apresentando alguns dos fatores de risco citados no subtópico acima. Ademais, a realização de alguns exames pode ser necessária. Os exames mais pedidos nesse caso são:

  • Eletroneuromiografia;
  • Exames laboratoriais.

Olhos Piscando Excessivamente – O Perigo desse Sintoma e Possíveis Causas

As pessoas que ficam com os olhos piscando excessivamente e freneticamente podem sofrer diariamente, visto que tarefas cotidianas como dirigir, escrever, ler, enxergar bem, etc. ficam mais difíceis e desafiadoras.

Para curar esse sintoma, é necessário entender porque ele está acontecendo. Algumas das causas possíveis deste fenômeno são:

  • Tique facial – O tique facial não está ligado a doenças neurológicas, pode ser simplesmente uma reação corporal frequente que faz com que os olhos pisquem;
  • Blefaroespasmo – É um tipo de doença que causa um espasmo na musculatura da órbita do olho.

Para saber outras possíveis causas e tratamentos alternativos para esse sintoma, assista o vídeo abaixo:

Se quiser receber um E-book falando tudo sobre Mal de Parkinson, clique aqui para baixá-lo GRATUITAMENTE!

Fonte: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28965229

Avalie essa notícia
Compartilhe:

Deixe um Comentário