Responsive image

Estágios do Alzheimer – Conheça os Estágios da Doença de Alzheimer

Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo

Categorias: Conteúdos, Memória / Alzheimer

Publicado: 14 de junho de 2022 | Atualizado: 14 de junho de 2022

Estágios do Alzheimer. A doença de Alzheimer é a forma mais comum de demência, que é um termo para descrever a perda do funcionamento cognitivo. Com o tempo, a doença de Alzheimer pode levar à incapacidade de realizar atividades diárias, como vestir-se, conversar.

Se um ente querido está apresentando sinais de Alzheimer, conhecer os sinais de cada estágio pode ajudá-lo a controlar a doença. Continue a leitura e saiba mais sobre este assunto.

Estágios do Alzheimer

Estágio 1: Antes dos Sintomas Aparecerem

Assim como em muitas doenças, as mudanças no cérebro relacionadas à doença de Alzheimer começam antes que os sintomas sejam perceptíveis.

Teste de auto-percepção de memória
Tire suas dúvidas em relação a sua memória e faça o teste PDQ-5 de auto percepção de memória.

Este período de tempo, chamado de ‘doença de Alzheimer pré-clínica’ pode começar 10 ou 15 anos antes que as pessoas tenham sintomas. Atualmente, não há tratamento para essa fase pré-clínica, mas esperamos que no futuro tenhamos medicamentos que possam interromper o progresso antes que as pessoas apresentem sintomas.

Como o risco de Alzheimer aumenta com a idade, é importante realizar visitas regulares ao médico para ser possível detectar os primeiros sinais da doença. Se você perceber que as habilidades cognitivas do seu ente querido estão começando a diminuir, isso pode significar que ele está entrando no segundo estágio da doença de Alzheimer.

Estágio 2: Esquecimento Básico

Todo mundo pode ser esquecido de vez em quando e isso acontece com mais frequência com o avanço da idade.

Eu, minha memória e meus medos...
Conheça a história de uma mãe e filha que enfrentam diversos problemas relacionados a memória. Baixe o e-book e aprenda com elas o que deve ser feito para lidar com o Alzheimer.

Estágios muito iniciais da doença de Alzheimer podem parecer esquecimento normal da idade. Seu ente querido pode ter lapsos de memória, incluindo esquecer os nomes das pessoas ou onde deixou as chaves, mas ainda pode dirigir, trabalhar e ser social. No entanto, esses lapsos de memória se tornam mais frequentes.

Estágio 3: Dificuldades de Memória Perceptíveis

Para muitos, essa fase traz mudanças perceptíveis e ficará mais difícil culpar a idade. É comum ser diagnosticado nesta fase, pois é quando a rotina diária de uma pessoa fica mais perturbada.

As dificuldades comuns nesta fase vão além de esquecer nomes e objetos. Seu ente querido pode:

Anda muito esquecido ultimamente?
Não ignore os problemas de memória, eles podem ser mais sérios do que parecem. Agende uma consulta na Clínica Regenerati e evite um possível Alzheimer.
  • Ter dificuldade em lembrar-se de material lido recentemente;
  • Encontrar cada vez mais dificuldade para recordação e organização;
  • Ter mais dificuldade para lembrar um nome ou uma palavra;
  • Experimentar desafios em ambientes sociais ou no trabalho.

Essa fase pode trazer mais ansiedade para o seu ente querido e algumas pessoas podem até negar que algo está errado. Esses sentimentos são normais, mas não falar com um médico só permitirá que os sintomas piorem.

Estágio 4: Além da Perda de Memória

Neste estágio, os danos ao cérebro geralmente envolvem outros aspectos da cognição, incluindo dificuldade com linguagem, organização e cálculos. Esses problemas podem tornar mais desafiador para seu ente querido realizar tarefas diárias.

Durante esta fase, que pode durar muitos anos, seu ente querido experimenta grandes dificuldades de memória, mas ainda pode se lembrar de detalhes significativos sobre sua vida, como com quem são casados ​​ou em que estado vivem.

Outros desafios durante essa fase incluem:

  • Confusão sobre que dia é e onde ele está;
  • Aumento do risco de vagar ou se perder;
  • Mudanças nos padrões de sono, como agitação à noite e dormir durante o dia;
  • Dificuldade para escolher roupas apropriadas para o clima ou a ocasião.

Durante essa fase, situações que exigem muita reflexão, como estar em uma reunião social, podem ser muito frustrantes e é comum sentir-se mal-humorado ou retraído.

Por causa do dano às células cerebrais, seu ente querido também pode experimentar outras mudanças de personalidade, como desconfiar dos outros, ter menos interesse nas coisas ou sentir-se deprimido.

Estágio 5: Independência Diminuída

Nesse estágio, seu ente querido provavelmente terá problemas para se lembrar de pessoas importantes para ele, como familiares e amigos próximos. Eles podem ter dificuldades para aprender coisas novas e tarefas básicas, como se vestir, podem ser demais para eles.

Mudanças emocionais também são comuns durante essa fase, incluindo: alucinações, delírios e paranoia.

Estágio 6: Sintomas Graves

Morar sozinho exige que você seja capaz de responder ao seu ambiente, como saber o que fazer se o alarme de incêndio disparar ou o telefone tocar. A partir do estágio 6, isso se torna difícil. Seu ente querido experimenta sintomas mais significativos, o que afeta sua capacidade de gerenciar seus próprios cuidados.

A comunicação também pode se tornar difícil durante essa fase. Seu ente querido ainda pode usar palavras e frases, mas comunicar sobre pensamentos específicos, como onde está sentindo dor, pode ser um desafio.

Mudanças significativas de personalidade podem continuar a ocorrer, incluindo aumento da ansiedade, alucinações, delírios e paranoia. À medida que sua independência continua a diminuir, seu ente querido pode ficar mais frustrado.

Estágio 7: Falta de Controle Físico

O corpo do seu ente querido pode começar a se desligar enquanto sua mente luta para se comunicar e delegar tarefas de forma eficaz.

Neste ponto, as necessidades do seu ente querido aumentarão significativamente. Eles podem precisar de cuidados 24 horas por dia para andar, sentar e, eventualmente, engolir.

Por causa de sua mobilidade reduzida, seu corpo também pode se tornar vulnerável a infecções, como pneumonia.

Porque Conhecer os Estágios do Alzheimer

Saber até que ponto a doença de Alzheimer progrediu é importante. Com esse conhecimento, você pode se comunicar mais facilmente com os médicos de seu ente querido e garantir que ele esteja recebendo o tratamento que precisa.

Você também poderá se preparar para o que vem a seguir obtendo suprimentos médicos, como uma cadeira de rodas, aprendendo sobre maneiras de lidar com os sintomas ou preparando-se para assistência extra, como uma instalação de vida assistida.

Mais Informações sobre “Estágios do Alzheimer” na Internet:
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Memória / Alzheimer

A Doença de Alzheimer é uma enfermidade incurável e progressiva. A maioria das vítimas são pessoas idosas. A doença apresenta sintomas como perda de funções executivas e cognitivas (como a memória), causada pela morte de células cerebrais. O objetivo do tratamento é aliviar os sintomas existentes, retardando a evolução da doença. Os tratamentos indicados são divididos em farmacológicos e os não-farmacológicos.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2021 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 23/06/2022