Neurologista - Dr. Willian Rezende

Desequilíbrio – Saiba Mais


O desequilíbrio é um termo geral que engloba uma variedade de sintomas que prejudicam a percepção e noção de espaço. É uma queixa muito comum no ambulatório e representa uma parcela significante dos encaminhamentos ambulatoriais e emergenciais de neurologia.

Embora as causas da tontura (por exemplo, vertigem posicional paroxística benigna e neurite vestibular) sejam mais comuns do que as decorrentes do sistema nervoso central (SNC), os neurologistas são frequentemente chamados para avaliar pacientes que se queixam de desequilíbrio/tontura. Por isso, é fundamental que os neurologistas estejam cientes das causas comuns de tontura no SNC.

O que Pode ser Desequilíbrio?

O desequilíbrio é responsável por gerar quedas que resultam em fraturas de ossos e traumatismos cranianos, causando sangramentos na cabeça além de vários outros tipos de problemas, como quebra de objetos e móveis, entre outros.

O desequilíbrio é causado por uma região do cérebro responsável por coordenar os movimentos e o equilíbrio. Cerca de 10% das pessoas que têm tonturas recorrentes (labirintite) ou outras tonturas também apresentam enxaqueca vestibular ou enxaqueca vertebrobasilar.

Enxaqueca Vestibular

O termo enxaqueca vestibular diz respeito a uma ampla gama de sintomas possíveis além da vertigem. Os episódios de sintomas vestibulares podem durar poucos segundos ou até semanas (mas normalmente a duração varia entre alguns minutos a 72 horas). Estes são frequentemente acompanhados por características migranosas (fotofobia, fonofobia, cefaleia típica da enxaqueca e/ou aura visual).

É importante excluir outras causas de tontura ao avaliar um paciente com suspeita de enxaqueca vestibular, pois alguns sintomas causam confusão no diagnóstico, principalmente se os episódios de enxaqueca vestibular forem acompanhados por zumbido, audição abafada ou pressão na orelha. Essa confusão é feita frequentemente com a doença de Menière.

AVC de Fossa Posterior

O termo síndrome vestibular aguda refere-se a um episódio monofásico agudo de tontura (tipicamente vertigem ou desequilíbrio significativo) acompanhado de náusea, vômito, instabilidade no caminhar, nistagmo (movimento involuntário que faz os olhos se moverem rapidamente de um lado para outro, para cima e para baixo ou em círculos) e intolerância do movimento da cabeça, que tipicamente dura pelo menos 24 horas.

Se a síndrome vestibular aguda for acompanhada por outros sinais localizados centralmente (por exemplo, hemiparesia e paralisia motora ocular), o diagnóstico de um AVC de fossa posterior é apontado.

Polineuropatia

Ocorre quando múltiplos nervos periféricos são danificados, o que também é comumente chamado de neuropatia periférica. A polineuropatia pode afetar os nervos responsáveis ​​pelas sensações.

A condição está relacionada a perda de propriocepção (capacidade de reconhecer a localização espacial do corpo, sua posição e orientação, ou seja, equilíbrio) e ataxia sensitiva (responsável por causar a falta de coordenação do movimento muscular, devido à perda do sentido de diferentes partes do corpo).

Distúrbios Neurodegenerativos

A tontura pode ser uma manifestação de muitos distúrbios neurodegenerativos. Um exemplo é a doença de Parkinson, na qual um dos sintomas é o caminhar atrapalhado, “tonto” ou “desequilibrado”.

Medicamentos como levodopa ou agonistas dopaminérgicos (por exemplo pramipexol e ropinirol) podem causar hipotensão ortostática e, portanto, tontura pré-sincrônica. Os distúrbios de Parkinson frequentemente causam sintomas que são interpretados como tontura.

Fonte: https://s3.amazonaws.com/academia.edu.documents/44091821/Neurological_gait_disorders_in_elderly_p20160325-4478-1pzthg4.pdf?AWSAccessKeyId=AKIAIWOWYYGZ2Y53UL3A&Expires=1556803035&Signature=InIbFAsL8BVIfahzjINcDb1MSFM%3D&response-content-disposition=inline%3B%20filename%3DNeurological_gait_disorders_in_elderly_p.pdf

Avalie essa notícia
Compartilhe:


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.

Deixe um Comentário