Neurologista - Dr. Willian Rezende

Ronco: Doença do Sono?


Na maioria das vezes, podemos considerar o ronco como uma doença do sono. Saiba mais sobre o assunto, lendo este artigo.

Como definição, o ronco é o som produzido pela vibração das estruturas das vias aéreas pela passagem forçada de ar, durante a respiração, enquanto dormimos. Isto acontece porque, quando dormimos, o tônus ​​muscular em todo o corpo diminui em várias estruturas, incluindo a língua, palato mole, úvula, amígdalas e faringe. 

Este relaxamento pode diminuir o tamanho do espaço das vias aéreas e causar limitação do fluxo de ar. O ruído vibratório que acontece quando o ar passa por este estreitamento das vias aéreas é conhecido como ronco.

O Ronco é uma Doença do Sono?

Na realidade, o ronco não é uma doença, mas pode ser um sinal de algum distúrbio do sono. Assim como uma tosse pode ser um dos sinais da pneumonia, o ronco pode ser um sinal de apneia obstrutiva do sono.

A Apneia Obstrutiva do Sono

A apneia obstrutiva do sono é uma doença caracterizada por ronco, respiração dificultada e pausas respiratórias repetitivas durante o sono. Estas pausas respiratórias podem ocorrer por uma obstrução completa ou bloqueio da via aérea e levam a diminuições nos níveis de oxigênio no sangue.

Normalmente, estas pausas respiratórias fazem a pessoa acordar, levando a um sono fragmentado e menos repousante. Por este motivo, a apneia obstrutiva do sono causa sonolência diurna excessiva, diminuição da atenção, da concentração e dos níveis de energia.

Quando o Ronco não é Prejudicial

Estima-se que mais da metade da população mundial ronca eventualmente e 20% da população adulta ronca habitualmente, constatando que a prevalência do ronco aumenta conforme a idade.

Algumas pessoas roncam a noite inteira; outras somente no início do sono, em fases de sono profundo, quando dormem de barriga para cima, quando estão resfriadas, após jantares pesados ou ingerir bebida alcoólica. Em situações como estas, roncar pode ser considerado até normal.

No entanto, o ronco sem evidência de apneia obstrutiva do sono pode ser um fator de risco para a hipertensão arterial e problemas comportamentais durante o dia. Porém, como o ronco sozinho causa problemas permanece desconhecido.

O Ronco na Infância é uma Doença do Sono?

Pesquisadores constataram que 20% das crianças roncam ocasionalmente, de 7 a 10% diariamente e 1% destas crianças sofrem de apneia obstrutiva. Normalmente essa condição causa o ronco durante a noite, sonolência durante o dia e sintomas que podem ser confundidos com transtorno déficit de atenção. A causa mais comum da apneia em crianças é o aumento do tamanho das amígdalas e adenoides.

Tratamento do Ronco Causado por uma Doença do Sono

O tratamento do ronco, quando ocorre devido à apneia do sono, pode ser conservador através do uso de dispositivos não invasivos que expandem as cavidades nasais (como o CPAP ou APAP) ou cirúrgico. No entanto, a posição em que a pessoa dorme e um dilatador externo também podem auxiliar no tratamento.

Outros métodos não invasivos para auxiliar na diminuição do ronco são:

  • Perder peso;
  • Evitar a ingestão de álcool e sedativos;
  • Tratar sintomas alérgicos;
  • Evitar dormir com a barriga para cima.

O cigarro pode causar a inflamação das vias aéreas e inchaço que pode futuramente causar um estreitamento, sendo assim cessar o fumo pode auxiliar na melhora do quadro.

Finalmente, o tratamento cirúrgico consiste em remover parte do tecido que está causando o estreitamento com o uso de laser e no caso das crianças em retirar as amígdalas e adenoides.

Seu ronco vem lhe causando problemas de saúde? Marque uma consulta e deixe-nos ajudar.

 

Fonte: Why do people snore? – Scientific American https://www.scientificamerican.com/article/why-do-people-snore/

Ronco: Doença do Sono?
5 100% 12052
Compartilhe:

Deixe um Comentário