Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo


Problemas de memória em idosas podem ser sinal de demência

Categorias: Memória / Alzheimer, NOTÍCIAS




Problemas de memória em idosas podem ser sinal de demência

Publicado: 08/05/16 | Atualizado: fevereiro 18, 2019

Uma nova pesquisa sugere que  idosas que se queixam de problemas de memória podem estar em maior risco de experimentar disfunção de memória e danos cognitivos décadas mais tarde. O estudo foi publicado no Neurology ®, jornal médico da Academia Americana de Neurologia.

As queixas de memória podem ser um sintoma muito inicial de uma doença progressiva, como a doença de Alzheimer. Outros estudos mostraram esta associação, no entanto, o estudo atual acompanhou as mulheres durante mais tempo do que a maioria dos outros estudos, por quase 20 anos.

“Os resultados sugerem que as queixas de memória na velhice merecem muita atenção como um possível sinal de alerta precoce de futuros problemas de memória e cognição”, afirma o neurologista, Willian Rezende do Carmo, CRM-SP 160.140.


Memória / Alzheimer

A Doença de Alzheimer é uma enfermidade incurável e progressiva. A maioria das vítimas são pessoas idosas. A doença apresenta sintomas como perda de funções executivas e cognitivas (como a memória), causada pela morte de células cerebrais. O objetivo do tratamento é aliviar os sintomas existentes, retardando a evolução da doença. Os tratamentos indicados são divididos em farmacológicos e os não-farmacológicos.

Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, , , , , , ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.



Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!


Willian Rezende do Carmo, 2019 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 01/12/2019