Neurologista - Dr. Willian Rezende do Carmo


Saiba como ter menos insegurança

Categorias: Conteúdos




Saiba como ter menos insegurança

Publicado: 19/10/20 | Atualizado: outubro 30, 2020

A insegurança tem sido um dos fatores sabotadores de muitas pessoas, no sentido de se obter resultado na vida ou como justificativa para alguma coisa que você não consegue fazer. 

 

Como a personalidade é desenvolvida?

A personalidade das pessoas vai sendo desenvolvida ao longo de alguns anos. Na grande maioria até os 7 anos de idade, esse é o período que o cérebro está passando pelo desenvolvimento, a formação neurológica. Com isso a personalidade vai sendo desenvolvida.

InsegurançaExistem três fatores principais para que a personalidade seja desenvolvida< que são: fator genético, ambiental e o que o indivíduo faz com a junção desses dois. Fator genético é o que “carregamos” de nossos pais, já fator ambiental é tudo aquilo que vivemos, nossas experiências de vida e que significado atribuímos. Existem pesquisas que comprovam que o fator genético define cerca de 40% e o ambiental cerca de 40%. Os 20% restantes está relacionado com que cada indivíduo faz com a união desses dois fatores, por este motivo cada personalidade é única.

É possível ter a personalidade mudada?

InsegurançaMuitas pessoas chegam ao consultório perguntando se existe alguma maneira de mudar a personalidade de alguma pessoa. A resposta para esta pergunta é não, porque a personalidade já foi formada e ninguém vai conseguir mudá-la. No entanto à medida que vamos crescendo e percebendo que alguns traços da nossa personalidade pode nos prejudicar, a própria pessoa pode mudar algo para que aquilo deixe se prejudicá-la.
Quando alguém quer se adaptar diante de uma situação que está sendo vivida e com isso acaba se tornando auto-rejeição fica bem difícil lidar. Lidar com rejeição é difícil, principalmente quando se está lidando com a rejeição de uma característica sua se torna ainda mais complicado. Por isso quando se vai fazer alguma escolha o importante é olhar pra si mesmo e com o que você irá se encaixar melhor, e não deixar outras pessoas ou situações diferentes da sua influenciarem.

 

A insegurança está relacionada com a ansiedade?

A ansiedade pode influenciar na insegurança sim. A ansiedade nada mais é do que antecipar o futuro de forma negativa, com isso você acaba se tornando cada vez mais inseguro. Porque a antecipação negativa acaba por trazer medo a aquela pessoa. Por exemplo uma mãe falar para seu filho não correr pois ele poderia cair, mostrando que a mãe está insegura querendo proteger seu filho.

Insegurança

Terapia

A terapia da insegurança se baseia nos pontos positivos que já aconteceram em sua vida. Todos tendem a lembrar mais das partes negativas da vida do que da positiva. A terapia vai mostrar para o indivíduo que acontece mais coisas boas do que ruins. Por exemplo: a pessoa sai da casa e é assaltada, a terapia vai mostrar a quantidade de vezes que você havia saído sem ser assaltado.
Durante a terapia sempre será mostrado aquilo que aconteceu de bom com o indivíduo. Por mais que coisas ruins sejam comentadas será para entender o problema e a pessoa deixe de ser tão insegura.

 

Autocrítica

InsegurançaA nova geração é diferente das anteriores, começando a “falar” mais. As antigas gerações eram conhecidas por simplesmente aceitar e a nova é muito diferente disso começando a argumentar sobre algo que não gosta e bater de frente com tudo aquilo que acha errado. Essa nova geração vai lutar por tudo por não aguentar ficar calado.
Com isso essas crianças e adolescente estão desenvolvendo sua autocrítica, acabam sendo menos inseguras. A autocrítica é construída junto com a personalidade dessa pessoa. Algumas pessoas desenvolvem a autocrítica positiva, conseguindo ver as experiências da vida, quando algo foi bom ou não, evitando as coisas ruins etc. Já uma autocrítica rígida que não aceita erros e por medo de errar não te deixa fazer as coisas, está eliminando sua chance de maturidade e desenvolvimento.

Não podemos ter total controle de tudo o que acontece, porém temos que prometer as nós mesmo de mudar e aprender com erros cometidos para que não aconteça novamente. Não existe uma garantia que coisas assim realmente funcionem, sendo assim a pessoa tem que aprender a lidar com decepções da mesma forma. Por isso temos que viver aquele momento, aproveitar ao máximo e só pensar no bem daquilo, com isso o indivíduo vai ter menos insegurança ou algo relacionado.

Não espere a insegurança se tornar muito frequente para buscar atendimento médico. Procure um especialista.

Autor: Dra. Lara Miranda

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Compartilhar:


Agende sua Consulta!



Tags:, ,


Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada.
O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.


Neurologista- Doenças Neurológicas e Sistema Nervoso - Neurologia Hoje
Pergunte ao Doutor!

Tire suas dúvidas atráves do nosso fórum!



Willian Rezende do Carmo, 2019 | Desenvolvido e Monitorado por IT9 - ABCtudo. Todos os direitos reservados. | Data da última modificação: 22/11/2020