Neurologista - Dr. Willian Rezende

Dor Lombar

Avalie essa notícia
Dor lombar. Você ainda não teve? Provavelmente irá ter... Muito melhor prevenir! Procure o Neurologista!

Dor Lombar Você ainda teve? Provavelmente irá ter! Procure o Neurologista!

A dor lombar ou lombalgia é o segundo maior motivo de visita ao centro médico ou clínica,  perdendo apenas para o já conhecido resfriado comum. Os jovens de até a casa dos 20 anos, 50% da população irá ter apresentado lombalgia e os mais idosos depois da casa dos 60 anos, cerca de 80%.

Causas mais Comuns da Dor Lombar

As causas mais comuns de lombalgia são desconhecidas e nestes casos são denominadas de lombalgia mecânica, inespecífica ou postural. E felizmente, na grande maioria das vezes, os sintomas melhoram espontaneamente.

O Exame Identificou Hérnia de Disco, vou ter Dores para todo o Resto da Vida?

A Ressonância Nuclear Magnética (RNM) é excelente para a avaliação da coluna, no entanto estes exames tem sido solicitados em demasia para um problema em que a avaliação clínica é muito mais importante para o diagnóstico e tratamento corretos. Vale ressaltar que é quase impossível em uma ressonância de coluna lombar de adulto, não haver alguma alteração degenerativa, ou seja por desgaste, como protrusão de disco, artroses ou osteófitos (“bico de papagaio”). E ainda, 25% das pessoas que não sentem nada têm hérnia de disco na ressonância. Portanto, se você tem uma hérnia de disco, saiba que não está sozinho na população e que em 90% dos casos o tratamento é clínico, e se for bem realizado não haverá necessidade de cirurgia ou outro procedimento invasivo.

Qual Exame Devo Fazer Então para Descobrir qual o Meu Problema Dr?

Acredite ou não, apesar da tecnologia atual, a história e o exame físico realizados pelo especialista continuam sendo o alicerce para o correto diagnóstico e tratamento adequado; e geralmente, são mais que suficientes. O médico inicialmente descarta as causas grave de dor lombar como fratura, instabilidade, infecção e tumor e depois inicia o tratamento adequado. A identificação exata de qual estrutura está causando dor não é necessária na maioria dos casos pois o tratamento clínico é o mesmo. A não ser que haja persistência da dor e algum procedimento invasivo esteja sendo cogitado, neste caso o neurocirurgião deverá indicar o melhor exame complementar, que pode ser um Raio X simples, tomografia, ressonância, cintilografia ou eletroneuromiografia. Assista ao Vídeo e ouça palavras sobre Dor Lombar
Continuar Lendo

Dor Lombar? Assista!

Dor Lombar